Como falar Dragonês - Cressida Cowell



Sinopse:

Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo. Principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado. Nessa nova aventura da série, o dragão Banguela foi capturado, um nanodragão está prestes a virar refeição e Dragões-tubarões estão à solta. Mais uma vez, os vikings precisam de um salvador... Soluço! Com aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas, a receita do sucesso de Como treinar o seu dragão é seguida à risca no terceiro lançamento da série escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell, autora premiada de obras infantis e infantojuvenis. Crianças, jovens e adultos que já conhecem Soluço e o dragão Banguela, seja das páginas dos livros, seja das telas de cinema, não vão perder essa nova história.

Minha Opinião:

Este é o terceiro livro da série Como treinar o seu dragão.
Uma série de oito livros + um guia muito fofos da autora Cressida Cowell.
O primeiro é o "Como treinar o seu dragão" que dá o nome à série e eu já fiz a resenha do segundo livro "Como ser um pirata" aqui.

Como falar Dragonês segue o padrão visual dos outros dois livros anteriores com ilustrações que dão a impressão desejada de terem sido feitos por uma criança (no caso o Soluço que seria o autor dos livros em formato de diários), onde são contadas as aventuras do Soluço e seu dragão Banguela. Neste terceiro livro continuamos acompanhando essas aventuras envoltas em muitas confusões e arrancando risadas até dos mais sérios.
Eu adoro essa série, ela me encanta. Todo o humor, aventuras, vilões, trapalhadas, mal-entendidos, são encantadores. Todo o conjunto é muito bonitinho, a linguagem bem-humorada e a forma divertida e pra cima que a autora passa mensagens e morais positivas é excelente. Capaz de alcançar qualquer publico, desde as crianças até os mais velhos e em vários momentos emocionar a todos.

Como falar Dragonês é um livro de leitura rápida e muito gostosa, e quando menos esperamos já está no final e queremos o próximo.
A capa é muito linda e estamos sempre descobrindo novos detalhes nos desenhos.
Super indico não só para as crianças, mas também para aqueles que mantém suas crianças interiores sempre vivas. ^^
Vale a pena.
Bjs
Continue lendo...

Resultado - Promoção "A escolha de cada um"



Olá! ^^
Peço desculpas pela demora em postar o resultado desta promoção e em atualizar o blog, é que tive alguns problemas com a Internet e por isso fiquei uma semana sem poder acessar. =/

Bem, mas vamos ao resultado da promoção que o CdM fez em parceria com a autora Regina Monge e vamos descobrir agora quem foi o sortudo que ganhou um exemplar autografado do livro da autora, "A escolha de cada um".
Lembrando que algumas inscrições foram canceladas devido a erros na hora do preenchimento do formulário.


E o ganhador foi...


*suspense*



O número...


8 - Alexandrina Oliveira


Eis abaixo o print do sorteio:




Super parabéns Alexandrina!!!!

Vou enviar um e-mail para a vencedora solicitando os dados para serem repassados à autora Regina Monge que logo logo enviará o livro para ela.

E você que não ganhou poderá ganhar um outro livro aqui no CdM, ainda dá tempo, participe da promoção Lua Negra!

Clique no banner abaixo para participar.

Continue lendo...

Doce traição - Alexandra Sellers



Sinopse:

O que teria trazido Desiree Drummond ao desértico país do sheik Salah Al Khouri? Ele sabia que ela possuía motivos ocultos. Afinal, não fora sempre assim? Ele a havia deixado escapar antes, mas não cometeria o mesmo erro duas vezes. Um pedido desesperado havia levado Desiree de volta a Salah. Embora o homem que a olhava com olhos tão frios fosse muito diferente do jovem galante por quem se apaixonara, ela lutaria por seu objetivo: impedir seu casamento de conveniência... a qualquer custo!

Minha Opinião:

Weeell vamos lá:

Achei esse livro legalzinho, acho que não poderia arrumar uma descrição melhor.
Ele é bom mas em minha opinião não é uma leitura excepcional.
Já li alguns livros com histórias sobre Sheiks e tenho que admitir que alguns têm quase a mesma história, mas alguns outros são "a fina flor" digamos assim, e ainda me surpreendem e seguram até o fim, acho que depende muito dos elementos da história e da autora.

Doce Traição não me empolgou, minha leitura foi bem arrastada e achei a história bem repetitiva e parada, meio clichê demais. Não gostei da mocinha, a Desi, achei ela muito fresca e mimada demais pro meu gosto, ela queria se fazer de forte mas não me convenceu.
O melhor do livro é o mocinho, o Salah, que pode ter defeitos pra caramba e ser muito irritante, mas foi quem deu um temperinho a trama (e acho que a Desi merecia mesmo sofrer na mão dele, definitivamente não gostei dela, uma personalidade muito sem graça).
A história só foi melhorando perto do final, mas para mim nem foi grande coisa. Acho que do livro inteiro o melhorzinho mesmo é o final e alguma ou outra parte hot e romântica e só.

Foi uma leitura bem passável, mas acontece. Em breve vai ter aqui no blog uma resenha de um livro de Sheik que eu amei.
Aguardem.
Bjs

PS.: Gostei da capa. =P
Continue lendo...

Eu mato - Giorgio Faletti



Sinopse:

Na obra 'Eu Mato', um agente do FBI e um detetive enfrentam um serial killer em Montecarlo, no glamoroso Principado de Mônaco. Trata-se do caso mais angustiante de suas carreiras - capturar o assassino que anuncia seus próximos alvos por meio de enigmas propostos em telefonemas para um programa de rádio, conduzido por um apresentador carismático. Para confundir a polícia, músicas são utilizadas como pistas dos crimes, cujas doses de barbárie e astúcia abatem e desnorteiam policiais, investigadores e psiquiatras. Os assassinatos, caracterizados pela frase 'Eu mato' escrita com sangue, são marcados por uma violência que não poupa nem mesmo a pele das vítimas.


Minha Opinião:

Gente, o que é que é esse livro! Bom demais!
Foi minha segunda experiência lendo Thrillers Policiais (a primeira foi lendo Destino: Inferno do Lee Child) e ainda bem que li ele antes pois me apresentou a este estilo de literatura e me preparou mais para a intensidade de "Eu mato". Acho que ambos são fortes, mas como já disse na minha resenha sobre Destino: Inferno, ele é mais voltado para o lado da ação, aventura, explosões, lutas e etc; E o livro do Giorgio Faletti é mais para o lado do suspense, onde você tem que junto com a policia da trama tentar descobrir quem é o assassino; Os dois livros têm muita adrenalina e violência, mas vão por vertentes diferentes.

Quando comecei a ler "Eu mato" fiquei meio receosa de que fosse um livro pesado demais para mim, que tivesse trechos detalhados demais de torturas nas mortes causadas pelo serial killer conhecido como Ninguém (e tenho que dizem que o cara é completamente maluco, e sádico até o último fio de cabelo, e sendo completamente honesta, juro que fiquei com medo em alguns momentos rs o.O). Mas a narrativa de Giorgio Faletti é tão empolgante que acabei não dando tanta importância a isso, e quando chegavam esses momentos, me surpreendia porque eu imaginava coisa muito pior rsrs, além disso o Giorgio tem o talento nato daqueles escritores que sabem parar na hora certa um capítulo, aproveitando o 'gancho' de suspense e não apelando para as "benditas" descrições esmiuçadas.

O clima do livro é dividido entre a esperançosa luta e força de vontade sobrehumanas de fazer justiça do delegado Nicolas Hulot e do agente do FBI Frank Ottobre, e as partes preenchidas pelo ponto de vista do assassino numa descrição tão poético-sombria de sua mente doentia que eu particularmente fiquei fascinada tentando entender o que o levava a cometer atos tão brutais, acho que essa pode ter sido uma das intenções do autor, que os leitores quisessem tentar entender o que se passa pela mente de Ninguém, quais eram as razões por trás deste comportamento tão chocante, para assim descobrir as respostas, se foi, ele conseguiu com êxito. Um detalhe que eu achei interessante foi que esses momentos das mortes e onde o assassino aparecia são chamados de "Carnavais" - "Primeiro Carnaval", "Segundo Carnaval" e por aí vai - achei muito criativo. ( E queria perguntar para o autor o motivo =P)

O mais legal é que realmente me supreendi com quem é o psicopata, totalmente.
E o leitor só descobre quem é quase no final do livro, junto com os policiais.
A única coisa que não gostei no livro todo foi um determinado acontecimento que me deixou muito triste. Não queria que acontecesse de jeito nenhum. =( A morte de um personagem que era muito querido por mim, não achei que a trama precisasse disso.
O final foi fantástico e ainda deixou uma pontinha de suspense no ar, que foi normal considerando que esse elemento esteja espalhado pelo livro todo e dá até um bom 'gancho' para uma possível continuação. ^^

"Eu mato" é um livro incrível para quem gostar do gênero policial e acho até para quem não goste. Vale a pena porque quem sabe sua experiência seja parecida com a minha e você também fique encantado?
Gostaria que os outros livros do autor fosse publicados aqui também, porque gostei muito da forma de escrever do Giorgio Faletti.
Esse livro eu Recomendo (sim, com "R" maiúsculo mesmo)  com muito gosto.
A-DO-REI!
Bjs
Continue lendo...

Amigos e amantes - Daphne Clair - (Maratona de Banca)



Sinopse:

Catherine queria sair pela rua gritando para desabafar seu desespero. Em vez disso, recolocou o fone no gancho e chorou baixinho. Mais uma vez o marido desmarcava um encontro com ela para ficar trabalhando. Por que Jason sempre a deixava em segundo plano? Será que depois de oito anos de casamento a vida tinha de ser assim tão triste? Sem pensar muito, pegou a bolsa e foi procurar Tony. Era seu único amigo, e Catherine nunca se atreveu a sonhar que poderiam tornar-se amantes. Não tinha percebido ainda o quanto era fácil ultrapassar o tênue limite da amizade para ceder aos impulsos de uma paixão louca e perigosa.

Minha Opinião:

Este é o livro do mês de outubro da Maratona de Banca. (tô atrasada de novo =( )
Tema: amigos que se apaixonam

Quando escolhi esse livro tinha a impressão de que iria gostar, pois geralmente gosto de florzinhas (pelo menos da maioria) e também pela sinopse que me dava a ideia de uma história com bastante intriga e quase sempre gosto disso rs, acho que dá um certo tempero a mais nas histórias.
Só que no final das contas não gostei, ou melhor não sei até agora o que pensar sobre os protagonistas (a Catherine e seu marido Jason, é verdade Carla como você disse no seu comentário na minha lista, eles é que são os personagens principais ^^).
E acho que para explicar isso vou ter que usar de um artifício que não gosto muito em resenhas, um pequeno spoiler, mas nada que prejudique a leitura, então vamos lá:

Eu não cheguei a uma conclusão ainda sobre dinâmica do relacionamento da Catherine com o Jason, até o meio do livro mais ou menos eu consegui, mas depois disso foi uma incógnita para mim. Acho que existem duas opções: ou os dois gostam no fundo de um sexo mais selvagem, digamos assim, e têm uma cabeça mais aberta e pra frente, (pq a história é dos anos 80) e a autora resolveu ousar para os padrões da época, ou simplesmente o marido é muito agressivo e gosta de humilhar a esposa e ela é uma boba que deixa ele fazer o que quiser, dizendo não quando no fundo quer dizer sim.
Aff! não sei o que pensar. Se a intenção da autora foi a primeira hipótese, tudo bem eu respeito. Mas se foi a segunda opção... (e que em muitos momentos parecia para mim), sem comentários. ¬¬
Cheguei a ficar aflita em algumas cenas que pareciam violência gratuita, como a mocinha podia ser tão submissa, tão boba, tão passiva. Aff!
Já disse a vocês em outras resenhas que eu não gosto desse tipo de mocinha, que gosto de personagens fortes, lutadoras, trabalhadoras, guerreiras, e até aquelas que sofrem mas dão a volta por cima depois.
Acho que já li tantos livros com personagens assim, que não tenho quase mais paciência nenhuma com as mocinhas fracas.
Depende muuuuuito do contexto em que elas estão incluídas e olhe lá!

Por esses motivos não gostei de Amigos e Amantes, apesar de gostar de alguns outros livros da Daphne Clair.
Achei a capa bacaninha (para a época, contexto da trama, acho que combinou).
Mas esse eu não releria.
Bjs
Continue lendo...

Pequena Abelha - Chris Cleave



Sinopse:

Essa é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então, uma delas precisa tomar uma decisão terrível, daquelas que, esperamos, você nunca tenha de enfrentar. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo começa… Depois de ler esse livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como essa narrativa se desenrola.


Minha Opinião:

Nossa esse livro foi totalmente surpreendente para mim, eu pensei que era uma coisa e na realidade foi outra.
Me explico: na verdade eu não sabia o que esperar de Pequena Abelha, uma leitura sobre superação com certeza, mas não uma história tão forte, tão intensa.
Acho que é um daqueles tipos de livros que ou você ama ou odeia, porque a história tem um drama natural na narrativa que se torna em momentos tão forte, que se o leitor estiver sensibilizado por alguma razão pode ser que se choque um pouco. É realmente, realmente intenso.
É uma narrativa muito crua, mas não no sentido de simples, pobre, ou ruim, nada disso, as emoções são cruas, são viscerais.

Chris Cleave escreveu uma história muito realista, que poderia acontecer com qualquer um (e provavelmente acontece, só que com algumas pequenas alterações). Mas esse drama/realista é repleto de poesia.
A narração é em primeira pessoa, quem conta a história é a protagonista a querida "Pequena Abelha" ou simplesmente "Abelhinha" (a Sarah também narra em alguns pontos, mas a meu ver a principal protagonista é a Pequena Abelha), que nos encanta com sua visão sofrida porém de certa forma poética da vida, não tem como não se apaixonar por ela, mesmo com algumas atitudes que possam ser considerada condenáveis pelo leitor, mas quem não erra não é mesmo? (talvez seja isso que à torne tão "real", não só ela como acho que todos os outros personagens, mas principalmente ela e a Sarah).
Fiquei encantada em saber que a atriz Nicole Kidman produzirá e atuará (provavelmente com o papel da Sarah) na versão cinematográfica desta obra, com certeza irei assistir. *.*

Pequena Abelha é muito emocionante, chorei em determinados trechos. Acho que poderia ser lido entre livros mais leves como o que indiquei na minha resenha anterior, justamente por causa dessas fortes emoções geradas.
É um belo livro.
Bjs
Continue lendo...

A lista de desejos de Juliet - Liz Fielding



Sinopse:

Atirar champanhe no namorado vigarista – que também era seu chefe – teve sérias conseqüências. Juliet foi despedida! E depois de ter jurado não se aproximar mais de nenhum homem, ela voltou para a casa da mãe com o objetivo de recomeçar a vida – mas acabou encontrando com uma paixão de infância: Gregor McLeod.


Minha Opinião:

Eu AMO essa capa! rs Acho tão lindinha! ^^

A lista de desejos de Juliet é um desses livros que te encantam, (assim como me encantou) e você não sabe ao certo o motivo, se o que te seduz é o lado romântico, se é por causa das pitadas de humor e das tiradas divertidas ou se é a mistura de tudo isso.
É um livro bem leve, uma daquelas leituras rápidas e gostosas que só tem o intuito de divertir e fazer o leitor se sentir bem, nada de sustos durante a leitura ou surpresas desagradáveis, muito pelo contrário, você o lê com um sorriso nos lábios e às vezes com algum ou outro suspiro rs.

Eu já li duas vezes e pretendo ler mais, porque adoro, é um livro perfeito para ler depois de alguma outra leitura mais densa, arrastada, lenta ou algum livro com uma trama mais pesada. Como um sorvete num dia quente de verão rs. Ideal para quando você quiser descontrair e relaxar.

Gosto muito mesmo desse livro e recomendo.
A história não tem nada demais, é meio simples mas é tão fofa! Têm uns momentos bem engraçadinhos!
Em alguns momentos a Liz Fielding cita "O diário de Bridget Jones" da autora Helen Fielding (não sei se elas são parentes, acredito que não, se alguém souber por favor me informe que edito o post xD),e talvez ela o tenha usado como uma referência (quem sabe, né?), me parece que "A lista de desejos de Juliet" tem algumas características de um chick lit misturado com romance de banca, se ele fosse um flme eu o classificaria como uma comédia romântica (meu gênero preferido de filmes). Então acho que quem gosta de romance de bancas, chick lits e/ou comédias românticas talvez goste bastante desse livro.

Achei que a escolha da capa nacional encaixou como uma luva, (menos o "Greg" que achei meio engomadinho demais bem diferente do personagem) mas o resto combina totalmente: a "Juliet", o cenário de fundo, tudo.
Enfim, o livro é uma gracinha!
Super indico.
Bjs
Continue lendo...

Promoção: Lua Negra



PROMOÇÃO ENCERRADA!!!

Mais uma super promoção no CdM!!! \o/
Dessa vez em parceria com a autora Laura Elias, criadora da Saga Red Kings, o Canto de Meninas vai sortear um exemplar autografado do livro Lua Negra segundo volume da série, para um mega-sortudo. (porque diga-se de passagem o livro é ótimo! ^^)

Você pode ler a minha resenha sobre ele clicando aqui.

Para concorrer a um exemplar, tudo o que você tem que fazer é seguir as instruções abaixo e cruzar os dedos!


Regras:

1 - Residir no Brasil

2 - Ser seguidor do Canto de Meninas

3 - Preencher o formulário clicando AQUI. (só preencha o formulário uma vez.)


Simples, né? ^^
A promoção começa hoje dia 25/10 e é válida até às 11:59 do dia 15/11 e o resultado será divulgado dia 17/11.
O sorteio será realizado através do site random.org.
O vencedor será avisado por e-mail enviado por mim e terá três dias para respondê-lo caso contrário, será realizado outro sorteio.
O livro será enviado pela autora Laura Elias, sem custo algum para o vencedor.

BOA SORTE!!!
Continue lendo...

Questiovista com Bianca Briones



Dados pessoais básicos:

Nome: Bianca Briones

Idade: 30 anos

Cor preferida: Lilás

Hobby: Ler, escrever e assistir a filmes e séries.

Que dia é e que horas são quando está respondendo estas perguntas? 11/10/10 – 15h29

Possui blog(s) e/ou site(s)? Quais? Sim. Possuo o Redoma de Cristal há 10 meses. Começou como blog e hoje é um site, mas ainda mantenho o blog dentro dele. http://redomadecristal.com.br e http://redomadecristal.com.br/blog/

Outros endereços na Internet?

Twitter: http://twitter.com/BiancaBriones
Skoob do livro: http://www.skoob.com.br/livro/127553-entre-o-amor-e-a-amizade
Skoob pessoal: http://www.skoob.com.br/usuario/158906

Livros escritos:

Entre o Amor e a Amizade

Quem escreve geralmente lê bastante então quais são seus escritores favoritos? Quais deles são referência para você e lhe influenciam de alguma maneira?

Meus autores favoritos são Machado de Assis e Clarice Lispector. Eles são referência sempre. Às vezes, sinto uma carência e vontade de reler suas histórias. Não sei dizer se me influenciam, sei apenas que são necessários a mim.

Livros favoritos:

Meu livro preferido é A Mulher do Viajante do Tempo de Audrey Niffenegger. Achei a ideia fantástica e os personagens transbordam sentimentos.

O que está lendo no momento?

Lembra de Mim? de Sophie Kinsella (e estou me divertindo demais rs)

Recomende outros escritores nacionais:

Machado e Clarice dispensam recomendações, né? rs
Quanto aos atuais, vamos aos que mais me surpreenderam, Vivianne Fair, Kamila Denleski, Leila Rego, Roberta Polito, entre outros. Ainda não li todos os que estão em evidência atualmente, mas já tenho a maioria na minha estante.

Dicas para quem quer escrever um livro:

Antes eu dizia que era apenas ter fé em seu trabalho e nunca deixar escrever, mas depois de alguns livros que tenho lido. Acredito que a principal dica para quem quer escrever é que os personagens precisam parecer reais. Não importa se a história é de bruxos, anjos, vampiros, semideuses ou humanos normais. É preciso que o personagem toque o leitor, que tenhamos a sensação de que ele poderia ser nosso vizinho, amigo, irmão, etc. Da atualidade, Harry Potter, Percy Jackson, Bella Swan, Patch, e muitos outros são exemplos de personagens “reais” e todos são sobrenaturais. Isso porque eu nem gosto da Bella, mas não há como negar que quanto mais humano parecer um personagem, mais identificação ele gerará no leitor. Caso contrário, mesmo a melhor história ficará parecendo vazia. Acreditem na sua história e no que quer contar. Leia e releia do ponto de vista do leitor. Não se feche para as críticas. Se alguém ler e não gostar, queira saber o motivo, não com orgulho ferido, mas com a intenção de crescer como escritor e pessoa.

Você acha que o mercado editorial está mais receptivo com os autores nacionais? Por quê?

Me parece que sim. Há muitas editoras surgindo e outras, que já existiam, estão aparecendo mais por causa do twitter e blogs. Isso ajuda um pouco, mas não dá para contar apenas com as editoras fazendo todo o trabalho.

Recomende alguns blogs/sites literários que você acessa e acha que são importantes para os leitores:

Hum... Ficaria sem jeito de apontar um ou dois. Há muitos blogs e sites bons na blogosfera e que fico orgulhosa quando leio. Leio quarenta mais ou menos. rs


Sobre o livro “Entre o amor e a amizade”:

Conte um pouco como surgiu a ideia da estória.

No começo de março, escrevi um conto chamado “Entre o Amor e a Amizade”. Ele me veio como um raio e deixei sair. Depois, senti a necessidade de escrever mais partes e, por fim, percebi que contos não eram suficientes para contar a história e nasceu o livro.

Quando começou a escrever o livro e quando terminou? (Datas)

Comecei em março e terminei em setembro.

Já tem uma editora? Como se dará esse processo de publicação?

Sim, Editora Lexia. Faremos a primeira edição pequena, com 300 exemplares. Acredito que com muito carinho, dedicação e divulgação, conseguiremos vendê-los bem.

Data de lançamento definida?

Sim. Dezembro de 2010. O dia ainda não foi fechado.

Qual foi a reação da sua família quando você disse que ia escrever um livro?

Eu sempre escrevi desde pequena. Por incrível que pareça, o livro foi uma cobrança de familiares e amigos que sempre me diziam: “O que está esperando?” rs

Você pensou em outros títulos para o livro?

Sim. Sempre tive dúvidas com esse título. Na verdade, esse valia para o conto, mas aí o pessoal começou a associar com o livro e, após algumas pesquisas, resolvi deixar.

Em sua opinião qual é o personagem mais cativante e o mais complexo do livro? E por quê?

Não sei dizer qual é o mais cativante. Eles são personagens bem reais, então muito da vivência de cada um influenciará na preferência por um deles.
O mais complexo, sem dúvida, é o Rafael, por causa da história dele e tudo o que passou. Aliás, um passado sobre o qual ele não quer falar.


Sobre música:

“Entre o Amor e a Amizade” tem trilha sonora? Qual?

Tem sim. São aproximadamente quarenta músicas que ouvia enquanto escrevia e que refletem muito os sentimentos dos personagens em relação ao que estão passando. Não revelarei qual ainda porque estou preparando uma surpresa. rs

Você escreve ouvindo música? Se SIM o que você ouve?

Sim. É segredo por enquanto. rs

Você acha que as músicas que você está ouvindo no momento influenciam de alguma maneira na estória?

Às vezes acontece. Esses dias escrevi um conto por causa de uma música que não saia da minha cabeça. rs

O que toca no seu MP3/4/5?

Lifehouse, entre muitos outros. rs


Sobre o futuro:

Já existem planos para algum outro livro?

Sim. Tenho dois projetos de fantasia, outro romance e um infanto-juvenil. Estou esperando o lançamento do “Entre o Amor e a Amizade” para me decidir qual tocarei primeiro.

Outros projetos literários (contos, antologias, etc)?

Há uma antologia em andamento também, mas ainda não tenho muitas informações.

Outros projetos futuros na Internet ou fora dela?

Escrever, escrever e escrever. Sempre buscando melhorar e trazendo um material bom aos leitores.

Qual seu grande sonho para o futuro?

Meu sonho já está se realizando com a publicação do livro. Agora é só continuar trabalhando muito.


Bianca, muito obrigada por aceitar participar da Questiovista. Não tenho nem palavras para agradecer pelo carinho e pela atenção. Você é uma ótima pessoa e merece tudo de bom! Mil beijos ^^ E muito obrigada a vocês leitores por prestigiarem meu blog com suas visitas e comentários. Espero que tenham curtido. Bjs a todos.
Continue lendo...

Promoção: A escolha de cada um



PROMOÇÃO ENCERRADA!!!

Depois de um tempo sem promoções eis que se inicia agora uma nova. \o/
Em parceria com a autora Regina Monge, o Canto de Meninas (CdM) vai sortear um exemplar do livro "A escolha de cada um" autografado pela autora!
Um super livro!
Você pode conferir a minha opinião sobre o livro clicando aqui.
Para concorrer a este exemplar, você só deve seguir as instruções abaixo e torcer para ganhar.

Regras:

1 - Residir no Brasil

2 - Ser seguidor do Canto de Meninas (clicando botão "Seguir" no widget "Seguidores" ao lado --->)

3 - Preencher o formulário clicando AQUI. (só preencha o formulário uma vez.)


A promoção começa hoje dia 15/10 e é válida até às 11:59 do dia 05/11 e o resultado será divulgado dia 07/11.
O sorteio será realizado através do site random.org.
O vencedor será avisado por e-mail enviado por mim e terá três dias para respondê-lo caso contrário, será realizado outro sorteio.
O livro será enviado pela autora Regina Monge, sem custo algum para o ganhador.
Então...

BOA SORTE!  ^^
Continue lendo...

A escolha de cada um - Regina Monge



Sinopse:

A Escolha de Cada Um nos ensina a reconhecer nossas limitações, nossos problemas, e nos impulsiona a ir ao encontro das soluções, buscar as oportunidades que a vida nos oferece. Alerta-nos para combatermos nossa inércia, nosso amortecimento, pois eles nos imobilizam, impedindo-nos de enxergar acontecimentos importantes. Esquecer o passado e ir em busca de nossos sonhos, nossos ideais. Ensina também que a existência continua, mostra um caminho iluminado, deixando-nos ver os obstáculos a superar. Dá a todos os mesmos direitos: à felicidade, ao sucesso, ao amor. Ele nos ensina a fazer escolhas. Escolhas certas. É um livro instigante, porque mistura realidade cotidiana com trechos totalmente surrealistas, História; e fala, acima de tudo, sobre o amor e seu poder de transformação.

Minha Opinião:

Esse livro foi uma grata surpresa para mim, uma das leituras mais diferentes que tive a oportunidade de ler nos últimos tempos.
A escolha de cada um é acima de tudo um livro para reflexão.
Ele tem uma estrutura um tanto quanto diferente: é dividido em duas partes, a primeira é bem interessante pois é a história de um livro (como se dá o processo de criação, revisão, publicação etc) tudo isso narrado pelo próprio livro, sim isso mesmo, o livro conta sua própria história de superação dos obstáculos, já a segunda parte é história de amor com um final surpreendente, juro que não esperava que o desfecho fosse daquele jeito, me pegou completamente desprevenida mas foi uma linda surpresa.

Amei o livro, ele alcançou seu objetivo comigo, me fez refletir sobre minhas escolhas, minha vida, minhas prioridades e me emocionou sobremaneira.
Regina Monge tem uma escrita repleta de emoções, o livro transpira sentimentos do começo ao fim, mas ao mesmo tempo tem um lado racional e realismo bem apurados.
A ficção é usada em prol da reflexão como uma ferramenta para auxiliar no entendimento das ideias passadas pela autora, no entendimento dos sonhos.

A escolha de cada um é uma leitura ideal para aqueles que desejam e sonham em mudar suas vidas, têm escolhas significativas para fazer ou têm dúvidas para tirar e precisam de palavras de entendimento e auxílio.
É um livro que incentiva a realização dos sonhos.
Para mim foi uma experiência ótima, aprendi muito e recomendo a leitura.
Bjs
Continue lendo...

Lua Negra - Laura Elias



Sinopse:

Após ter sido salva das garras da morte pelo sangue de seu amado Bill Stone, a jovem Megan Grey se vê às voltas com o misterioso avanço de criaturas monstruosas, que deixaram o gélido Ártico rumo à cidade de Red Leaves. Por alguma razão, a aproximação de tais criaturas está criando o pior inverno de todos os tempos no Hemisfério Norte. Como se isso não bastasse, Megan enfrenta transformações no próprio corpo, que ameaçam substituir sua natureza humana por outra, animalesca e totalmente selvagem. Gigantes ancestrais, vampiros, rovdyrs, ódios e segredos milenares, temperados por uma paixão que atravessou vários séculos unem-se no segundo volume da Saga Red Kings, lançando a jovem Megan em um abismo de sombras, onde somente morrendo ela poderá continuar viva.

Minha Opinião:

Lua negra é o segundo volume da trilogia Red Kings da autora Laura Elias, que continua a narrar através da personagem principal Megan, com algumas outras participações, a saga de amor e ódio dos personagens num mundo sobrenatural repleto de seres fantásticos e muita ação e adrenalina.

Você pode ler a minha resenha sobre o primeiro volume Crepúsculo vermelho clicando aqui. 

Nesta continuação os problemas para Megan, Bill e companhia só aumentam, enquanto Megan tem que enfrentar mudanças cada dia mais drásticas em sua vida, além das inquietações sobre um certo triângulo amoroso mal resolvido do passado que volta para assombrar seu relacionamento com o Bill, temos também a volta de Simon e, juntos todos terão que enfrentar inimigos terríveis que só acreditavam existir nos seus piores pesadelos. E em meio a tudo isso muitas revelações surpreendentes, principalmente uma sobre a Alice amiga da Megan que me deixou completamente surpresa e que eu adorei rs.

O livro continua com a mesma leitura dinâmica do anterior e em alguns momentos chega até a ser melhor, fato sabido que geralmente não ocorre em continuações que tendem a ser mais "fracas" em matéria de história.
O que não é o caso pois o Lua Negra se mantém fiel ao espírito de Crepúsculo Vermelho, tem a mesma vibração, dinâmica e as mesmas características únicas. É mesmo uma outra parte da trama geral, não é um outro livro que tenta (e não consegue) parecer uma continuação, É uma continuação, e isso é excelente porque respeita o público leitor que acompanha a série.
Mas isso não significa que não tenha novidades, novos personagens, porque têm e vários, e como já disse algumas dessas novidades são realmente surpreendentes e dão um tempero a mais a história.

Eu adorei o livro, a seleção de músicas continua perfeitamente pertinente a cada capítulo e a capa é muito fofa, achei legal o Bill abraçado com a Megan mas preferia que ele tivesse a aparência da primeira capa (cabelo para trás e etc) rs. ^^
Meu amor pelo Bill continua firme e forte.
Tive uma ótima leitura, que me deixou a louca de vontade de ler o próximo, ver a revelação de alguns mistérios e saber como será a conclusão desta história de amor sobrenatural tão cativante.
Amei, amei, amei!

E se você quiser se apaixonar também você pode adquirir também o seu exemplar autografado e com frete grátis com a autora Laura Elias através do site dela: http://www.lauraelias.com.br/

Agora é aguardar ansiosamente o terceiro volume.
Bjs
Continue lendo...

Noites de tormenta - O filme




Sinopse:

Adrienne Willis é uma mulher cuja vida está um caos.
Em busca de paz e tranquilidade, ela decide passar um fim de semana em uma pousada na cidade litorânea de Rodanthe.
Lá conhece o hóspede Dr. Paul Flanner, um homem atraente que se encontra em plena crise de consciência.
Juntos eles encontram forças para superar as dificuldades e, em um fim de semana mágico, iniciam um romance que trará mudanças profundas para ambos.

Dados Técnicos:

Título em PtBr: Noites de Tormenta
Título Original: Nights in Rodanthe
País: EUA
Ano: 2008
Duração: 97 min.
Gênero: Romance
Diretor: George C. Wolfe.
Classificação: 10 anos.

Minha Opinião:

Assisti esse filme faz pouco tempo em DVD e adorei.
Ele é baseado no romance best-seller Nights in Rodanthe, que em português tem o nome de Noites de Tormenta, do autor Nicholas Sparks que é uma referência em livros românticos, suas obras são muito emocionantes e fazem um grande sucesso mundo afora, tanto que já houve vários outros filmes hollywoodianos baseados ou inspirados em seus livros.
Umas das características mais marcantes das tramas é ter enredos sobre amores impossíveis, difíceis ou algo relacionado à morte, causa de separação maior entre os casais de seus romances.
São obras obras profundamente emocionantes e tristes mas ao mesmo tempo de uma beleza poética única. *suspira*

E baseada nesse conhecimento eu já esperava as reações emocionais que tive. Já estava preparada. Ledo engano. Quando você acha que está preparada dificilmente está.
Eu pensei: "Não vou chorar, não vou chorar!"
Resultado: não chorei por pouco, consegui me controlar, mas fiquei com as lágrimas presas nas pálpebras e um bolo na garganta durante o filme, no final e durante o resto da noite (pq era de noite quando eu vi o filme =P).
Em Noites de tormenta Richard Gere e Diane Lane voltam a atuar juntos depois de outros dois filmes como protagonistas, Cotton Club (1984) e Infidelidade (2002) e isso prova que eles tem uma boa química nas telas que rendem cenas ótimas.
Eu realmente amei o filme, só achei meio curto, poderia ter tido duas horas e acho pelo tempo de duração me deu a impressão de que as coisas aconteceram rápido demais, mas foi só isso. =)

Nicholas Sparks é sinônimo de emoção.
Mas não uma emoção como tristeza, em alguns momentos você pode até lamentar, mas a história é tão linda que essa beleza supera e muito os momentos tristes.
Indico os livros e os filmes baseados nas obras do autor para aqueles que gostam de se emocionar e são pessoas sensíveis.
São ideais para os românticos de plantão.
Para quem quer suspirar e sonhar vale a pena conferir.
Bjs
Continue lendo...

Os arquivos do Semideus - Rick Riordan



Sinopse:

Jovens Semideuses, preparem-se para ter acesso a arquivos altamente sigilosos. Compilado pelo escriba sênior do Acampamento Meio-Sangue, o sr. Rick Riordan, o conteúdp supersecreto aqui apresentado inclui os relatórios de três das mais perigosas aventuras de Percy Jackson, informações valiosas conseguidas em entrevistas com os mais importantes heróis da saga, um utilíssimo mapa do acampamento e muito, muito mais. Leiam e tornem-se especialistas no universo dos deuses e heróis do Olimpo.


Minha Opinião:

Um ótimo guia, por assim dizer, para quem é fã da série.
E eu como fã fiquei deslumbrada, óbvio.

Os arquivos do semideus a primeira vista para quem não é muito fã de compêndios, guias, e livros sobre livros, pode parecer meio chato, mas este é um livro um pouco diferente desses moldes pois ele possui além de informações sobre os personagens e seu mundo, ilustrações bem legais e três histórias curtas com o Percy em altas aventuras, que se passam antes dos acontecimentos do "Último Olimpiano".

Eu gostei bastante do livro e acho que quem é fã de mitologia e da série Percy Jackson e Os Olimpianos vai gostar também porque ele mantém a dinâmica, linguagem jovem e características dos livros da série.
Foi uma leitura bem gostosa e rápida.
Muito legal.
Indico.
Bjs
Continue lendo...

Mais do que um anjo - Loreley McKenzie - (Maratona de Banca)



Sinopse:

Brandon Lewis queria morrer. Apesar de seu talento e de todos os sonhos que tinha, ele não via mais motivos para continuar existindo. Até o dia em que uma desconhecida surge para impedir que seus planos de morte se concretizem. Quem seria aquela mulher maravilhosa, tão cheia de mistérios? Ambientada na agitada cidade de São Francisco, a história de Brandon e Jessica acontece em meio à fama, dinheiro, lutas, conflitos e intenções ocultas, amparada por seres de beleza incalculável e forças poderosas. Mas seria o amor deles forte o suficiente para vencer as diferenças e preconceitos? Brandon conseguirá ir além daquilo que pensa ser a verdade? E Jessica? Ela terá forças para dar o passo definitivo em sua vida? Não deixe de ler esta história empolgante, recheada de amor e misticismo.


Minha Opinião:

Livro do mês de Setembro da Maratona de Banca com o tema: autoras nacionais
Sim sim sim, pois é para quem ainda não sabe existem sim autoras nacionais de romances de banca, só que são poucas por isso os livros são meio difíceis de encontrar, pois não tem a divulgação devida e algumas até usam pseudônimos em inglês aí fica meio complicado saber que são brazucas, mas nessa hora pesquisar na internet ajuda bastante.

Mas vamos a resenha do livro que eu escolhi para este mês: Mais que um anjo
Este livro é um dos muitos que a autora Laura Elias (sim, a da série Red Kings ^^) escreveu sob o pseudônimo de Loreley McKenzie.
Ele nos conta uma história de amor muito linda sobre Brandon um escultor e Jessica uma mulher misteriosa que aparece na sua vida numa noite decisiva e a muda para sempre.
Juntos eles tem que enfrentar os próprios problemas, o destino e até o mal, enquanto se descobrem, conhecem e buscam se entender.

É um romance sobrenatural muito fofo com humor e uma mensagem sobre fé e esperança muito bonita.
Gosto muito mesmo de livros com histórias com anjos, me encantam.
E Mais do que um anjo também conseguiu, a minha única ressalva é que achei o livro muito curtinho rs, a minha leitura passou voando, mas adorei, principalmente o final hahaha AMEI aquele final! ^^
O livro todo é uma delícia, uma ótima leitura.
Recomendo!
Bjs
Continue lendo...

O Último Olimpiano - Rick Riordan



Sinopse:

O aguardado desfecho da série que já ultrapassou a marca de 500 mil exemplares vendidos e é destaque nas principais listas de best-sellers do país.

Os meios-sangues passaram o ano inteiro preparando-se para a batalha contra os titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une à causa confere mais força ao vingativo Senhor do Tempo. Enquanto os olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem detê-lo. Nesse quinto livro da série, o combate que pode acarretar o fim da civilização ocidental ganha as ruas de Manhattan, e Percy tem a terrível sensação de que sua luta, na verdade, é contra o próprio destino. Revelada a sinistra profecia acerca do décimo sexto aniversário do herói, ele enfim encontra seu verdadeiro caminho.


Minha Opinião:

Aaaaaahhh! eu pirei de alegria quando li esse livro. rsrs
Porque eu não sei se já 'disse' aqui que sou completamente apaixonada por mitologia greco/romana. *-----*
E também amo livros de ação e aventura. XD

O último olimpiano é o quinto livro da série Percy Jackson e Os Olimpianos do autor Rick Riordan, onde conta a parte final da luta de Percy e seus amigos contra o Titã Cronos que quer voltar a dominar o mundo e acabar com tudo que há de bom e também a realização da tão perigosa profecia sobre um semideus.
Como tudo acaba? Eu só posso dizer que o desfecho sobre a profecia é surpreendente, totalmente.
E que claro que para chegar nele tem muita muita ação, lutas e momentos bem tensos, que sinceramente não tem como não ficar lendo até o fim.
E que quando eu terminei de ler fiquei com gostinho de quero mais e fiquei meio melancólica rs.

Eu viciei total nessa série e fiquei muito feliz ao saber que o autor pretende continuar a lançar livros com o tema de mitologia com aventura, tanto que será lançado nos EUA em Outubro o primeiro livro de uma série que é relacionada com a série do Percy e a esse universo, mas é uma nova série com novos heróis etc, chamada: The Heroes of Olympus (ou em português: Os Heróis do Olimpo).
Além da série As Crônicas de Kane sobre mitologia egípcia, cujo primeiro livro: "A pirâmide vermelha", já foi lançado lá nos EUA, e aqui no Brasil será agora em Outubro também pela Intrínseca. (tá pertinho! *-*)

Me apaixonei pelo trabalho do Rick Riordan, fantástico.
Excelente forma de fazer mais pessoas (principalmente os jovens) conhecerem e quem sabe gostar de história e das muitas lendas que com o tempo ameaçam se perder, é muito bom ter esses temas compartilhados, pois assim ajuda a talvez não serem esquecidos.
#amohistória
Agora é aguardar os próximos lançamentos. \o/
Bjs

Atualização: você pode ler a resenha que fiz sobre Os Arquivos do Semideus, um livro extra da série, (uma espécie de guia da série), clicando aqui.
Continue lendo...

Tormenta de emoções - Merline Lovelace - (Maratona de Banca) - (Post atrasado)



Sinopse:

Os Deuses estavam se divertindo...

Aurora Durant, capitão da Força Aérea americana, deu um suspiro de alívio. Colhida por forte tempestade, conseguira fazer um pouso forçado com seu avião em pleno deserto, no Oriente Médio.

Uma fantástica visão assombrou o centurião Lucius Antonius. Em meio à tormenta, uma mulher descera do céu. Ela era linda, e Lucius só teve um pensamento: torna-la sua escrava.

Aurora achou que estava delirando, as ser aprisionada por um antigo guerreiro romano em pleno século XX. Mas quando o fascinante Lucius a tomou em seus braços, ela desejou que aquela alucinação durasse para sempre...


Minha Opinião:

Livro do mês de Agosto da Maratona de Banca, mas que só pude postar a resenha agora, por motivos de força maior. =/

Gostei muito desse livrinho. Correspondeu bastante as minhas expectativas e aos comentários que recebeu aqui no blog quando postei a minha lista da maratona.
Histórias com o tema de viagem no tempo são fantásticas e podem render enredos ótimos e emocionantes, e foi o caso de Tormenta de emoções.
Como a sinopse bem diz, Aurora achou que estava delirando, também não é a toa, num dia como outro qualquer ela vai fazer um voo de reconhecimento no jato militar que ela pilota e depois de enfrentar uma tempestade de areia fortíssima, quando acorda, encontra nada mais nada menos do que um homem vestido como um centurião romano junto comandando uma tropa de guerreiros. Uma situação completamente surreal, inacreditável, para dizer o mínimo.

O que eu achei melhor no livro, foram as discussões da Aurora com o Lucius (Luke) por causa do machismo dele e da sociedade a qual ele pertence pela questão da época e tudo mais, o choque com a independência da Aurora, rende discussões enervantes e super divertidas.
O romance impera (sem trocadilhos) nessa história, mas de uma forma dinâmica e ágil. Acho que a trama tem de tudo um pouco, drama, humor, momentos românticos, sérios, hots, etc.
É uma leitura tão legal, que quando você vê já acabou e você nem percebeu.
Muito bom.
Bjs
Continue lendo...

Coração vazio - Melanie Milburne



Sinopse:

Ele terá de seduzir a mulher que deu à luz seu herdeiro...
Jake Marriott sempre fora claro a respeito das regras de seus relacionamentos: nada de casamento; nada de filhos. Por isso, quando Ashleigh Forrester descobriu que estava grávida, ela o deixou. Mas Jake voltou, e está decidido a convencê-la de que seu lugar é na cama dele. Contudo, logo a verdade se revela: o pequeno Lachlan é seu filho... Agora, Jake tem novos planos para Ashleigh...


Minha Opinião:

Quando li esse livro achei ele legal, mas não tanto quanto achei que seria pela sinopse.
O Jake me deu muita raiva por causa da suas atitudes ditatoriais, desde o começo, antes mesmo dele saber que a Ashleigh, outro nome estranho para uma mocinha, tinha tido um filho dele e quando soube ficou pior ainda. Em vários momentos senti meu sangue ferver de raiva e esperava que a Ashleigh fizesse alguma coisa, mas além de um pouquinho de resistência (aquela coisa: diz-que-não-quer-mas-quer), nada mais. Fiquei no vácuo.
Me deu muita vontade (se fosse possível) de agarra ela pelos braços e sacudir para ver se acordava rs. Aff! Mocinha capacho não dá! E mocinha capacho que finge que enfrenta mais não faz nada para mudar a situação e no fundo gosta É PIOR AINDA!
Simplesmente não dá, não consigo engolir.
Achava muito melhor ela assumir que ama o cara e quer ficar com ele mesmo e pronto. Pelo menos era uma atitude mais sincera.

O livro só melhora nesse sentido, quando os fantasmas do passado do Jake são exorcizados e seu orgulho é posto de lado, mas isso é só quase no final (e aí sim ele começa a se redimir), mas até chegar a isso muita coisa acontece.
O final é até legal, mas não achei um livro tão bom quantos os anteriores.
Então, acho que é isso.
Bjs
Continue lendo...

Romance proibido - Melanie Milburne



Sinopse:

Um caso proibido...

Nina foi abandonada com um bebê nos braços, porém a criança não é seu filho! Sua maquiavélica irmã gêmea tentou dar o golpe do baú em um milionário, mas o destino pôs um fim trágico a seus planos diabólicos...

Vingança... e casamento!

Marc Marcello quer a guarda da menina. No entanto, confunde a pacata Nina com sua desonesta cunhada. E ela está decidida a proteger seu amado bebê a qualquer custo... mesmo que tenha de esconder a verdadeira identidade e aceitar um casamento de conveniência!


Minha Opinião:

Esse livro é bem legal.
Aliás como muitos livros que envolvem chantagem como tema, me dá uma raiva do chantageador (principalmente nesse tipo de caso quando o 'mocinho' ameaça tirar a guarda da criança da "mãe"), mas eu gosto rs. Principalmente quando eles sofrem depois, aí é a hora da desforra HAHAHAHA *risada maligna*.

O Marc começa o livro bem chato, mas entendesse os motivos de tanta revolta e ele muda bastante depois.
Mas nessa história quem com certeza me deu mais raiva ou melhor ÓDIO, foi a mãe biológica da criança, a Nadia, irmã gêmea da Nina. Ô mulherzinha, viu? Completamente intragável! ¬¬
Certamente desempenha super bem seu papel de vilã, sendo detestada até o fim.

A história é ótima, mesmo sendo uma fórmula simples: gêmea-sofre-na-mão-do-mocinho-que-pensa-que-ela-é-a-gêmea-má, que inclusive já foi até enredo de novela, (diga-se de passagem A Usurpadora é demais. Paola Bracho é diva! *--* hehehe) mas que em minha opinião sempre pode ser explorada de várias formas novas sem perder a força.
Um exemplo disso é o livro "A gêmea errada" da autora Rebecca Winters, que é lindo de morrer, totalmente emocionante!
Adoro essa temática de livros com gêmeos(as), acho muito cativante. Me prendem muita a atenção.
E Romance proibido não fica atrás.
Gêmeas + Mocinhos Italianos + chantagem + troca de identidade + vingança + perdão = TUDO DE BOM!
Bjs

PS.: É eu sei sou contradição, odeio a Nadia e acho a Paola diva. Vai entender... ^^ (hihihi!)
Continue lendo...

Noite de paixão - Trish Wylie



Sinopse:

Quando Roane Elliott encontra um desconhecido nu em uma praia particular, a segunda coisa que lhe vem à cabeça é ir tirar satisfação. Mas a primeira... faz seu coração bater mais forte! Até ela descobrir que o estranho é Adam Bryant, um homem ardente, ainda que misterioso, e herdeiro de uma verdadeira dinastia. Após uma década longe, ele voltou para reivindicar o que é seu por direito.
E não importam os obstáculos que tiver de superar...
Roane está determinada a resistir, mas a tentação é avassaladora. A porta do quarto de Adam está sempre aberta para ela... e seus passos a levam cada vez para mais perto da entrada...


Minha Opinião:

Livro dessa vez da coleção Modern Sexy (ui! rsrs).
Na verdade uma história de reencontro, já que os protagonistas se conheciam desde crianças. Algo que a sinopse não deixa claro e tem uma grande importância na trama e no relacionamento deles. Pelo contrário, a sinopse faz dá a impressão de que eles são completos estranhos, o que não é o caso, já que a Roane é melhor amiga do irmão do Adam e cresceu na casa deles.

Noite de Paixão tem uma temática de vingança e discórdia em família bem forte, ambas motivadas por erros do passado, alguns mal-entendidos e coisas não ditas. O Adam tem de enfrentar um monte de problemas, (principalmente com o irmão) enquanto começa a viver sua história de amor com a Roane. Nome estranho para uma mocinha. o.O 

O livro é bem legal, acho que tudo foi colocado na dose certa, as partes hots, românticas, engraçadas, o drama, ficou tudo na quantidade certa, tornando a leitura agradável.
Quem gosta de contemporâneos e histórias que se passam em ilhas deve gostar.
O final também é muito lindinho! *suspiro*
Enfim, acho que vale a conferida.
Bjs
Continue lendo...

Lição de sedução - Jamie Denton



Sinopse:

Ela era uma nulidade para seduzir os homens! Ele, o mais envolvente espécime masculino. Juntos, pareciam dinamite pura!

Eden Matthew é uma boa policial com uma péssima reputação... de ser uma nulidade entre os lençóis. O policial estressado Jackson Hunt tem uma excelente reputação... de ser um amante absolutamente lendário. Determinada a mudar completamente sua vida. Eden faz chantagem com Jackson para obrigá-lo a ensinar a ela tudo o que é necessário para ser uma mulher perversa.

Jackson aceita o desafio e começa a dar lições de como ser uma policial temida e uma mulher sedutora. Tudo devia ser apenas uma experiência pedagógica, mas quando as aulas de sedução liberam em Eden uma faceta que nem ela sabia possuir, nenhum dos dois se descobre disposto a fracassar no exame final...


Minha Opinião:

Ai esse livro é ótimo!
Simplesmente adorei!
Tem todos os ingredientes necessários para uma leitura gostosa e que flui numa boa: humor leve e inteligente, romance, partes hots sensuais e escrita que só tem um único intuito: divertir e entreter.

Em Lição de sedução o mote da história é um casal que se conhece a mais de um ano e trabalham juntos (são policiais e parceiros). Além disso eles são amigos e tem uma relação de amizade e companheirismo muito boa, só que a Eden tem digamos... problemas de auto-estima no campo sexual e afetivo (ou pelo menos ela acha que tem), e por isso pede uma "ajudinha" do Jackson nesse quesito já que ele tem uma excelente reputação, só que eles não fazem ideia que as coisas vão começar a se complicar e muito a partir daí. Ou complica ou arruma de vez! xD Nossa esse "acordo" vai dar uma confusão danada! hahaha 

É uma leitura bem agradável e despretensiosa, doce e romântica como também meio picante e com alguns diálogos e 'cenas' bem divertidos.
Esse livro é show!
Um romance muito muito fofo.
Minha únicas reclamações são que não tem epílogo, queria saber o que acontece depois do final, e também que queria que o livro fosse maior rsrs, achei muito fino, para vocês verem o tanto que eu gostei rs, QUERO MAIS!! *-*
Indicadíssimoooo!
Bjs
Continue lendo...

Atração incontrolável - Sharon Kendrick



Sinopse:

De simples secretária...
Ricardo Castellari sempre viu Angie apenas como sua secretária sem-graça... Até ela desfilar diante dele num vestido de seda vermelha que acentua suas curvas a cada passo. A partir deste momento, ele olha para ela não uma, mas duas vezes!
...a escrava da paixão.
Angie não consegue resistir a uma noite de delicioso prazer com Ricardo. Ao regressar ao trabalho, ela se sente constrangida e resolve pedir demissão. Porém, Ricardo tem outros planos: para ser liberada, Angie deverá permanecer mais algum tempo com ele, mas agora como sua amante...


Minha Opinião:

Esse é um dos livros bons que li recentemente.
Mais um da coleção Paixão e com mocinho Italiano. xD

A mocinha nesse livro se chama Angie é a secretária do Ricardo (o mocinho TdB) e se considera (e é considerada pelo Ricardo) um patinho feio.
Mas pelo que o livro me passou ela não é feia, é só que ela não tem muita vaidade, não costuma se "enfeitar", não usa maquiagem, roupas da moda etc. E essa falta de vaidade, fez com que ela e os outros, (principalmente os homens) acreditassem que ela não era bonita e como reflexo disso, sua auto-estima era péssima.
Até que um dia, por causa de um certo vestido vermelho fatal que foi recebido de "presente", a vida da Angie sofre um giro de 180 Graus e o seu mais secreto sonho é realizado.-O querido chefe que nunca prestou a mínima atenção nela como mulher de uma hora para a outra se vê perdidamente fascinado.-Mas a que preço? Será que o sofrimento de amar sem ser amada para ficar junto (mesmo que por pouco tempo) do seu objeto de afeição vale a pena?

Enquanto a Angie descobre as respostas a essas perguntas nós leitores nos divertimos lendo sobre essa história de amor nem um pouco simples. rs
Eu gostei bastante do livro, suspirei em algumas partes e me estressei com o Ricardo em outras. Mas acho que faz parte desse tipo de leitura com mocinhos possessivos e arrogantes e eu ADORO! rsrs
Conflitos e obstáculos = AMO
Indico.
Bjs
Continue lendo...

Seu amante, seu desafio - Jacqueline Baird


Sinopse:

A dívida: um milhão de libras...
Mulher alguma jamais dispensara Zac Delucca. Mas a doce e zelosa Sally Paxton vive em um mundo a parte, cuidando de sua mãe doente, e mal percebe que seu jeito desinteressado o enfurece! Especialmente porque o pai dela é responsável por uma fraude milionária em sua empresa.
O pagamento: sua inocência!
Há uma dívida a ser paga. E Sally recebe um ultimato de Zac. Tornar-se sua amante e ficar a seu dispor...ou arruinar sua família! E ele não tem dúvidas de que ela fará a escolha certa...


Minha Opinião:


Um livrinho com um casal com uma relação beeeeem complicada do jeito que eu gosto rs.

Mocinho italiano, que teve uma vida muito sofrida, perdeu os pais num acidente de carro ficando órfão quando era criança, foi criado num orfanato e ao crescer lutou muito para estudar e conseguir construir uma carreira, se transformando depois num milionário e poderoso magnata.
É bonito ver esse aspecto de perseverança do personagem, o lado ruim dele é que ele é muito arrogante, acha que todos tem que fazer o que ele quer e que todo mundo tem um preço, isso é causa de muitos problemas e mal-entendidos entre o casal.

Já a Sally nossa mocinha é a ajuizada de uma família em que o pai é um mulherengo, egoísta e ambicioso, que só quer passar a perna nos outros e alcançar seus objetivos a todo custo mesmo pisando a própria filha e a esposa, e com uma mãe totalmente submissa que sofre calada e defende o marido errado até o fim.
Isso tornou a Sally uma pessoa responsável (porque alguém tem que ser, né?) e por causa do pai, uma mulher muito desconfiada em relação aos homens, achando que quase nenhum presta, e que o casamento é uma instituição falida.

Quando o Zac e a Sally se encontram em circunstâncias bem desagradáveis, o Zac pensa mal da Sally, mas mesmo assim fica muito interessado nela e ela deduz logo que ele é um Don Juan e mesmo um pouco atraída, tenta se afastar dele de qualquer maneira.
Mas eles acabam se envolvendo tanto que mesmo com as relutâncias da Sally, e com uma boa dose de chantagem da parte do Zac, acabam virando amantes. E a relação deles se complica cada dia mais.

Seu amante, seu desafio é um livro com um romance bem problemático, mal-entendidos, desencontros, chantagem, algumas cenas hots e com um final romantiquinho bem legal.
Gostei bastante, adoro mocinhos italianos. ^^
E também gosto muito dos livros da série Paixão.

Para quem gosta de mocinhos possessivos e uma trama de chantagem (adoro chantagem e vingança em livros rsrs), é uma boa dica.
Bjs
Continue lendo...

Destino: inferno - Lee Child




Sinopse:

Cenário: uma rua movimentada de Chicago na ofuscante luz do meio-dia. Jack Reacher está caminhando sem destino. Holly Johnson, uma jovem atraente e atlética, carregando cabides, atrapalhada com seu par de muletas, está visivelmente precisando de uma mãozinha. Ele prontamente se oferece para ajudar a moça. Mas o que Reacher percebe, no entanto, é uma arma apontada para sua barriga.

Trancado num furgão escuro e sufocante, atravessando os EUA a toda, preso à mulher, Reacher não faz a menor ideia do motivo de estar nessa terrível situação. Os sequestradores não dizem nada. Holly alega ser uma agente do FBI e ele acredita que ela seja durona o bastante para ser verdade.

Os dois parecem totalmente confusos, sem ter a mínima noção da direção que seguem e, o pior, sem ter a mínima noção de por que seguem. No caminho, porém, vão se conhecendo e descobrindo que o destino pode ser muito mais cruel do que um dia imaginaram. Agora, reféns de um grupo de milicianos e de seu líder, um homem violento e sem escrúpulos, precisarão sobreviver ao mais terrível pesadelo de suas vidas.
Será que a vigorosa coragem de ambos dará conta do inferno que está por vir?


Minha Opinião:

Resenha bem atrasada, mas vamos lá:

Minha primeira experiência lendo um livro desse gênero Thriller Policial e não poderia começar melhor do que com uma obra de Lee Child.
Nunca tinha lido um livro dele e fiquei completamente apaixonada pela maneira dele escrever, é muito intensa e de um raciocínio e inteligência incríveis. No decorrer do texto, temos que fazer algumas ligações entre vários acontecimentos, que no momento da leitura deles não parecem ter muita ligação com o resto da obra, mas que depois percebemos que tem sim, achei isso fenomenal.
Apesar de suas partes de violência pesada, Destino: inferno também tem um certo humor negro, e uma pitada de romance.

Jack Reacher é O protagonista.
Grande, super forte, mas com um coração super justo e bondoso. Ele não é só força física, mas também super inteligente, sagaz e um homem honrado, além de ser uma simpatia e bonitão rs.
Ele é extremamente solidário e é isso que acaba fazendo com que ele se meta nessa confusão toda. O clássico: está no lugar errada, na hora errada.
Ser sequestrado porque estava ajudando alguém, essa situação por si só já é absurda. E ainda por cima, ser considerado pelas autoridades (FBI, Exército, Segurança Nacional, etc), o responsável ou um dos responsáveis, pelo sequestro, cárcere etc, da agente (entre outras coisas), Holly Johnson.
Seria cômico se não fosse trágico. É um absurdo completo e absoluto.
E claro que com maestria nosso herói vai através de atos, provar sua inocência e acabar de vez com os planos da milícia, de uma forma excelente que não vai deixar pedra sobre pedra rsrs. Da-lhe Reacher!

Destino: inferno é uma leitura interessantíssima, a começar pela narrativa, por ter uma característica de paradas marcadas por ponto.

Ex:

(...) Estavam em Chicago. No centro da cidade. Numa calçada movimentada. Numa segunda-feira. O último dia de junho. Em plena luz de um dia ensolarado de verão. Toda a situação se materializara em um milésimo de segundo. Tinha acontecido de uma maneira que não poderia ter sido planejada nem em um milhão de anos. (...)

Primeira vez que leio uma narrativa com essa estrutura, com pausas para efeito, e simplesmente adorei. Elas dão um adrenalina e tensão a mais na história, além da ação já existente que deixa o leitor preso ao livro até o final.
Um livro excelente.

Agora quero os outros (sim, porque Destino: inferno faz parte de uma série de 15 livros, onde Jack Reacher é o protagonista ).
Sendo que três deles já foram lançados aqui: Dinheiro Sujo, Destino: Inferno e Um Tiro.
Quero todos!
É uma série eletrizante e que já teve seus direitos vendidos para o cinema. *torcendo para que o filme saia logo*

Super recomendo Destino: inferno, para aqueles que gostam de livros/filmes de ação e policiais.
Uma ótima pedida.
Bjs
Continue lendo...

Questiovista com Nanda Meireles








Dados pessoais básicos:


Nome: Fernanda Meireles

Idade: 26 anos

Cor preferida: Gosto de variados tons de verde e azul

Hobby: Quando consigo uma folga, adoro conversar com os amigos, nem que seja por e-mail, MSN, ou através de comentários em seus Blogs. Gosto e preciso estar sempre em contato.

Que dia é e que horas são quando está respondendo estas perguntas? 26/08/2010 – 17h20min

Possui blog(s) e/ou site(s)? Quais?

Criei o http://lendosobrelivros.blogspot.com/ no início do ano. Recentemente um amigo fez um WordPress para mim, mas ainda não está pronto, está demorando um pouquinho porque está sendo elaborado com muito carinho.

Outros endereços na internet?

Meu Twitter pessoal é http://twitter.com/umdream e o do livro http://twitter.com/Um_Sonho_A_Mais Ainda tem o Skoob do livro http://www.skoob.com.br/livro/99189-um-sonho-a-mais

Livros escritos: Registrado e sob análise de editoras só Um sonho a mais, mas tenho outro romance juvenil pronto ainda com título indefinido.

Quem escreve geralmente lê bastante então quais são seus escritores favoritos? Quais deles são referência para você e lhe influenciam de alguma maneira?

Amo a Meg Cabot e o Pedro Bandeira. São e sempre serão minhas maiores referências.

Livros favoritos:

Nossa, são tantos. A Marca de uma Lágrima, a série 1-800 Onde está Você, Wings, Como Ser Popular, Um Amor de Detetive, Wake, Você Como Recompensa...

O que está lendo no momento?

Hoje? Nada. Estou terminando um projeto e não gosto de ler ao mesmo tempo em que escrevo. Mas o último livro que li foi Wake e na minha estante está Morto Até o Amanhecer.

Recomende outros escritores nacionais: 

Adorei o livro do Enderson Rafael, quero muito ler os da Tammy Luciano, da Paula Pimenta, da Babi Dewet, do Vinícius Neo Gedom, do Leonardo Brum, do Jim Anotsu... Nossa, tenho tanto orgulho dessa nova cara da literatura nacional!

Dicas para quem quer escrever um livro: 

Apenas comece. Começou? Termine... Registre... Acredite... Envie... Divulgue... Ore... E nunca pare.

Você acha que o mercado editorial está mais receptivo com os autores nacionais? Por quê?

Eu vejo da seguinte forma, há hoje uma tremenda variedade e alta qualidade entre nossos novos autores, é isso que está chamando a atenção tanto dos leitores como das editoras, que não podem se fingir de cegos, surdos e mudos por muito mais tempo.

Recomende alguns blogs/sites literários que você acessa e acha que são importantes para os leitores:


Se quiserem saber um pouco mais sobre a literatura Nacional recomendo os Blogs: http://marciaprios.blogspot.com/
http://naniedias.blogspot.com/
http://acordeicomvontadedeler.blogspot.com/
http://www.psychobooks.com.br/
http://viverparaler.blogspot.com/
http://www.redomadecristal.com.br/


Sobre o livro “Um sonho a mais”:


Conte um pouco como surgiu à ideia da estória.
Quando surgiu a ideia você já sabia que ia ser um livro ou a princípio achou que teria outro formato como de um conto por exemplo?


Eu sempre quis escrever um livro, na adolescência já havia tentado, mas nunca saí da segunda página (rs). Depois que casei minha vida foi uma correria e não lia mais nada, que dirá escrever. No ano passado ganhei um livro do meu marido e toda a ânsia retornou. Devorava livros em um dia, alguns eram péssimos e comecei a ficar indignada. Pensava: Como o autor pôde fazer isso com o fim da história? Eu faria totalmente diferente.
E foi assim que me sentei no PC querendo escrever uma história romântica com o fim que eu desejasse. Nunca pensei que ultrapassaria as 100 páginas, muito menos que enviaria às editoras. Escrevi para mim e por mim. E deu no que deu.

Qual foi a reação da sua família quando você disse que ia escrever um livro?


“Ah, é mesmo?” Só isso ¬¬ Meu marido foi o único a ser “obrigado” a ouvir e patrocinar todas as minhas ideias.

Você pensou em outros nomes para o livro?


Sim, não sei por que essa parte é muito complicada para mim, mas nem lembro as alternativas.

Em sua opinião qual é o personagem mais cativante e o mais complexo do livro? E por quê?


O mais complexo seria o Adriano, por ser um desajeitado social, por querer tomar e não conquistar, por não saber perder e se fixar em vencer de um jeito ou de outro.
O mais cativante para mim, seria a dona Mara, mãe da Fabi. Ela é amiga, conselheira e sábia. O pilar da vida de Fabi. Não sei explicar, mas adoro essa personagem


Sobre música:

“Um sonho a mais” têm trilha sonora? Qual?
Você escreve ouvindo música? Se SIM o que você ouve?
Você acha que as músicas que você está ouvindo no momento influenciam de alguma maneira na estória?
O que toca no seu MP3/4/5?


Ah sim, recentemente eu escolhi Broken-Hearted Girl da Beyoncé como música tema do Book Trailler que ainda está sendo produzido. Eu ouvia muito Start Of Something New - HSM, Say OK - Vanessa Hudgens, Leave out all the rest - Linkin Park e muitas outras. Curto trilhas sonoras de filmes. Adoro música e me influencio por elas não nego.


Sobre o futuro:

Já existem planos para algum outro livro?


Em produção atualmente tenho duas séries.
“Essas Coisas Acontecem” com as histórias de Raquel, Karina e Regina. Amigas de infância são obrigadas a se separar por motivos diferentes quando já estão com 17 anos. O primeiro livro “A Mudança de Raquel” está quase completo.
“Tudo em Família” com as histórias de sete primos que tentam unir novamente uma tradicional e problemática família. A base para cada livro já está alicerçada, mas o projeto está arquivado por hora.

Outros projetos literários (contos, antologias, etc)?
Outros projetos futuros na internet ou fora dela?


Atualmente tenho me dedicado a um projeto diferente, creio que em breve poderei falar mais sobre isso. Recentemente tive o prazer de participar da equipe que selecionou os contos do I Concurso Cultural do Bloglivros.com em parceria com a Editora Bookess. Foi maravilhoso! Espero poder repetir a experiência em breve.

Qual seu grande sonho para o futuro?


Eu me lembro de entrar na biblioteca da escola e passear por entre as fileiras de livros, ler inúmeros autores e viajar junto dos personagens, me emocionava com alguns que ficarão na minha mente para sempre. Meu sonho é que meu livro esteja em bibliotecas como a que tinha na minha escola. Que muitos jovens viajem junto da Fabi, do Daniel, da Mel, do Adriano. Que olhem para o nome da autora daquela história e pensem: Se ela conseguiu, eu também posso.


Nanda, MUITO obrigada por aceitar participar da Questiovista!
Você é uma querida, foi um enorme prazer te conhecer. ^^
Qualquer coisa, para o que precisar estamos aqui, ok? 
Muito sucesso pra você, porque você merece! 
Beijos querida!
E a vocês leitores, mais uma vez obrigada pela visita. <3
Bjs
Continue lendo...

Oferta limitada: Crepúsculo Vermelho e Lua Negra




Olá, o post de hoje é curtinho.
Estou passando rapidinho para avisar que a escritora Laura Elias criadora da série Red Kings, esta vendendo exemplares autografados dos livros Crepúsculo Vermelho e Lua Negra (lançamento) numa oferta super legal de R$ 20,00 cada, sem cobrar frete para qualquer lugar do Brasil.
Legal, né?
Então se você está interessado em adquirir os livros corre logo pois os exemplares são limitados e daqui a pouco acabam.
Para comprar entre em contato com a autora clicando nesse link: http://www.lauraelias.com.br/bla_36.html.
Quem sabe você possa ter os seus autografados também, hein?
Não perca a chance. ^^
Aproveite a oferta os livros são ótimos e valem super a pena além disso, estamos incentivando os autores nacionais.
Bjs
Continue lendo...

Amante Sombrio - J.R. Ward



Sinopse:

Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça.

Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos.

Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.


Minha Opinião: 

Irmandade da Adaga Negra para mim dispensa qualquer comentário.
Sem sombra de dúvida para mim é a melhor série que existe.
E falar sobre IAN, sem citar o Rei Wrath é impossível, seu destino sempre esteve ligado com todos os acontecimentos sobre a raça de vampiros da J. R. Ward, que são tão verossímeis e intensos que saltam das páginas direto para o seu cérebro, formando imagens e cenas tão reais que é como se você estivesse presenciando-as na sua frente.

Numa narrativa forte em todos os sentidos, porém doce e sensível, o livro é repleto do começo ao fim da linguagem irônica e sarcástica e do humor negro inteligentíssimo, que é marca registrada da autora, uma das características fortíssimas da série que é amada pelos fãs, e que torna o texto tão interessante e dinâmico, sem deixar de ser romântico.
Amante Sombrio é um livro de romance que contém ação e aventura sobrenatural, e um livro de ação que contém romance e erotismo na medida certa.

Wrath e Beth são protagonistas perfeitos, sendo Wrath um homem com um passado sombrio e um ser violento que encontra em Beth sua companheira, a luz que ilumina sua escuridão, a mulher que o apoia e caminha lado a lado com ele.
É muito lindo acompanhar o desenvolvimento dessa relação que começa totalmente sem querer (pelo Wrath), com uma paixão fulminante e avassaladora, e como ela com a convivência vai se tornando algo muito mais forte e duradouro.

É um livro maravilhoso como todos os outros da série, mas esse com certeza é especial por ser o primeiro. Por ser delicado, sensual, por nos apresentar esse universo maravilhoso criado pela J. R. Ward, por ser o começo de tudo para os leitores, pelas cenas de ação, por conhecermos os irmãos, enfim por ser encantador.
Para quem como eu já leu todos lançados em inglês até o momento, é uma sensação muito boa, muito reconfortante, de retorno ao lar, ler em PtBr, Amante Sombrio, recordar momentos passados e 'cenas' tão queridas.
Foi ótimo principalmente rever mais do Butch tirando a Marissa porque eu detesto ela, muito chatinha, I hate Marissa and Scribe Virgin! hehe, quando foi apresentado a esse mundo sobrenatural, a interação deles com os irmãos é ótimo de se ler. Adoro! rsrs Butch é um show à parte. #tenhoquedaporele

Enfim, poderia ficar escrevendo aqui por horas sobre o que acho de AS mas a minha resenha ia ficar parecendo um testamento (bem maior do que já está), e ainda não seria capaz de descrever totalmente o que penso sobre esse livro. rs
Em minha opinião é um livro Excelente, com "E" maiúsculo.
Recomendadíssimo!

Você pode conferir as resenhas que eu já fiz dos livros da J.R. Ward clicando AQUI.
Bjs
Continue lendo...

Feitos um para o outro - Paula Marshall



Sinopse:

Guerra civil... em uma nação e em uma família!

América do Norte, 1861.

Jack Dilhorne estava em Washington a negócios quando a guerra entre os Estados do Norte e do Sul foi declarada. Esta, com certeza, não era a melhor época para encontrar alguém tão intrigante quanto Marietta Hope.

Depois de ouvir alguém descrevê-la como uma solteirona feia, Jack assombrou-se ao descobrir que ela era inteligente, espirituosa e bonita, ainda que dona de uma beleza fora dos padrões vigentes. Mas eles tinham um inimigo capaz de provocar um grande estrago naquele amor que nascia. Um inimigo que estava bem diante deles!


Minha Opinião:

Este é o quinto e último livro da Dinastia Dilhorne da autora Paula Marshall.
A história se passa no período da guerra entre o Norte e o Sul nos Estados Unidos, por volta de 1861, e tem várias passagens de tempo (coisa que particularmente não gosto muito, acho que o livro fica cansativo), mas nesse se tornou uma espécie de suspense, no começo foi legal e acho que foi importante para a história, outras coisas tinham que acontecer antes do final feliz, mas depois de um certo tempo não aguentava mais tantas passagens e fatos ilustrados digamos assim por carta/telegrama etc.
Esse foi um diferencial nesse livro, comparado com os outros da série, uma mudança na forma de narração, do meio para o final, em algumas partes da trama, que ao meu ver, encaixa perfeitamente com a época historicamente falando, e é um recurso até interessante, mas acho que pode ter sido usado em excesso e tornou a leitura um pouco arrastada e lenta, num momento tão importante da história.

Mas fora isso achei o livro bem legal e fiquei meio triste com um fato que soube nele, mas que mesmo triste não deixou de ser bonito de certa forma e muito comovente.
O casal principal sofre muitas armadilhas e mal-entendidos antes de ficarem juntos, mas no final nos mostra que talvez tivesse que acontecer tudo isso e eles passarem por tanto sofrimento, para eles amadurecerem, se tornarem pessoas melhores e para que o amor deles fosse mais sólido e plenamente realizado.

Feitos um para o outro é um livro muito emocionante e tem uma trama forte e doce ao mesmo tempo. Jack Dilhorne realmente faz jus ao sobrenome que tem e a Dinastia a que pertence e a Marietta é a mulher ideal para ele, igual as outras mulheres da família: forte, determinada, decidida, sagaz, inteligente e honrada.
Formam um par perfeito.
A vilã é detestável e mereceu totalmente o fim que teve (eu adorei! rs).
É com toda certeza um livro excelente.
Super indico.

A série toda vale muito muito muito a pena para quem gosta de livros históricos.
Eu AMO!

A Dinastia Dilhorne contém cinco livros são eles: (todos resenhados aqui no blog, para ler as resenhas basta clicar nos links que estão nos títulos)

A dama e o condenado - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 07)
O casamento de Hester - Paula Marshall (Clássicos Históricos 201)
Tramas do destino - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 11)
Farsa inocente - Paula Marshall (Clássicos Históricos Especial 142)
Feitos um para o outro - Paula Marshall (Clássicos Históricos 252)

Todos muito bons.
Essa família vai me deixar saudades, ainda bem que posso matá-la um pouco relendo todos, que tenho como coleção, e guardo com todo o carinho, como uma das minhas séries históricas favoritas.^^
Recomendo todos os livros.
Bjs
Continue lendo...

Escândalos do passado - Gina Wilkins





Sinopse:


Ele iria se disfarçar pela última vez...
Para fazer aquela gente ajoelhar-se a seus pés!

O ex-policial Mac Cordero estava determinado a encontrar e vingar-se do homem que o gerara e depois o abandonara. Tudo que ele sabia era que o homem se chamava McBride, um nome que, como ele logo veio a descobrir, era sinônimo de escândalo na pequena cidade de Honória, na Georgia. O que não era problema... porque Mac pretendia transformar a vida de todos num inferno!

A responsável e confiável Sharon Henderson sentiu-se atraída por aquele desconhecido assim que ele chegou à cidade. Moreno, enigmático, ele a fazia sentir-se irreverente, atrevida... e muito desejada. Não conseguiu evitar apaixonar-se perdidamente por ele. E então descobriu que o amor deles era baseado numa mentira...


Minha Opinião:

Livro BOM.
A sinopse já dá uma sensação de que a história é muito boa e é. Até que enfim uma sinopse que não me enganou! rsrs
Escândalos do passado me chamou atenção justo por essa temática de vingança. Adoro livros assim, acho a leitura sempre interessante e fico muito estimulada a ler até o fim.
Quanto mais confusão melhor! Adoro ver o circo pegar fogo nas histórias rs. Mas claro que com um final feliz. ^^

Mac Cordero queria se vingar do pai verdadeiro e sua família mas não sabia qual dos irmãos McBride era seu pai, ele primeiramente queria respostas para depois descobrir o que ia fazer com elas.
Mas quando ele salva Sharon Henderson de quase morrer em um acidente, seus planos iniciais começam a mudar. Nada como conhecer também o outro lado da história para nos dar uma visão mais justa, não é mesmo?
Não vou falar mais da história se não vou começar a dar spoilers e não é essa minha intenção.
Mas sem dúvida o livro é muito bom, a história bem amarrada e o final bem legal, só senti falta de mais cenas do Mac com a família McBride e fiquei com a impressão de que o livro pertence a uma série e que os outros personagens da família e agregados têm livros próprios, será? se alguém souber por favor me avise. Fico grata.

Escândalos do passado tem uma trama bem legal, principalmente para quem gosta de personagens com cargas emocionais.
Recomendo.
Bjs
Continue lendo...