Tramas do Destino - Paula Marshall - (Maratona de Banca)



Sinopse:

O império financeiro da família Dilhorne passa por sérias dificuldades e Alan é chamado para investigar as causas. Ao chegar em Londres, é apresentado a Ned Hatton e ambos têm uma grande surpresa: são praticamente idênticos!

Quando Alan conhece Eleanor, irmã de Ned, e começa a desfiar a história da família Hatton, percebe que a semelhança não é mera coincidência.
E que um segredo de família pode, na verdade, destruir qualquer esperança de um futuro ao lado de Eleanor, a quem ele ama cada vez mais.


Minha Opinião:


Um livro cheio de reviravoltas e acertos com o passado.
Tramas do Destino é um livro que me surpreendeu, depois que li "O casamento de Hester", imaginei - também pelo resumo - que seria tão cativante e emocionante quanto. Mas infelizmente no saldo geral não foi.
Não porque o livro seja ruim nem nada disso, mas acho que eu cometi o equívoco de o superestimar - equívoco este que tenho muito cuidado de tentar não cometer, mas que por ser um livro tão aguardado nas minhas futuras leituras e por eu ser fã da série, infelizmente acabei cometendo.

Comecei empolgada (pelos motivos que já citei), ao longo da estória meu entusiasmo foi esfriando em certa medida, quase no final os acontecimentos deram uma guinada em seu momento auge de revelações e nas últimas páginas, fiquei com um pequeno desapontamento porque esperava mais conflitos ou obstáculos e não houve estes.
Mas "Tramas" como todo livro, também têm seus momentos muito bons e me causou uma mistura de emoções, em certos trechos os diálogos do Alan me fizeram sorrir e pensar: "este é mesmo filho de quem é."
Como diz o ditado: quem sai aos seus não degenera.
Outra coisa que não decepcionou são os cenários, datas e detalhes históricos ricamente fiéis. Que sempre me fazem ser transportada no tempo.

Alan Dilhorne é sagaz, ardiloso, bonito, decidido, inteligentíssimo e em certas ocasiões é frio e duro como uma pedra de gelo, mas essas características não fazem dele um homem mau, muito pelo contrário. É justo e sabe reconhecer as virtudes dos outros e os próprios erros.
Um excelente homem de negócios e pretendente apaixonado, devotado e fiel ao extremo a mulher que ama.

Eleanor Hatton é o par perfeito para Alan, sua verdadeira alma gêmea.
De personalidade forte, corajosa, compreensiva, com uma mente moderna e um espírito livre, Eleanor valoriza a opinião e sentimentos dos outros, mas não se deixa influenciar nem submeter a algo que no fundo não aceita, mesmo que custe a perda da estima dos outros por ela.
Mesmo que não seja declarado abertamente, segue seus sentimentos e pensamentos.
Não que ela seja uma rebelde, no começo até é um pouco, mas a maturidade e a realidade da vida, que conheceu através do Alan, fizeram com que aceitasse o meio em que vive, mas não ao ponto de sufocar sua personalidade e de não querer que haja mudanças.

Como já escrevi num outro post sobre o livro "O casamento de Hester", este livro pertence a uma série chamada "Dinastia Dilhorne" que é composta pelos seguintes livros:

A dama e o condenado - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 07)
O casamento de Hester - Paula Marshall (Clássicos Históricos 201)
Tramas do destino - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 11)
Farsa inocente - Paula Marshall (Clássicos Históricos Especial 142)
Feitos um para o outro - Paula Marshall (Clássicos Históricos 252)

Tramas do Destino é ao mesmo tempo, comum e novo, simples e complexo, calmo e conflituoso, tranqüilo e impactante, doce e acima de tudo, uma reflexão sobre a sociedade da época e todos os seus costumes.
É um livro que une muitas pontas soltas e esclarece muitos acontecimentos que eram nebulosos sobre o passado do patriarca da família, Tom Dilhorne.
Se fosse para dar uma nota (algo que eu não gosto muito), daria um 7,00. Pois para me agradar mais, tinha que ter mais conflitos e obstáculos para a felicidade do casal ser concretizada. (adoro um bom conflito =p hehehe).
Mas no final de tudo, como é Paula Marshall e a Dinastia Dilhorne (que por si só já me encanta), vale a pena.
Bem, é isso. ^^
Bjs

8 comentários:

  1. O livro parece ser bom... eu adoro séries...
    Pena que você já tinha algumas expectativas...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  2. Só o fato da trama ter Londres como pano de fundo já me agrada! Fiquei realmente interessada neste livro, apesar do seu comentário sobre a falta de conflitos (eu também gosto de conflitos hehe).

    Bjos!

    Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro a família Dilhorme, lí os que sairam pela Nova Cultural e adorei, esse ta na pilha pra ser lido, logo, logo pego e leio, tomara!
    Boa dica!

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da autora.... mas parece ser uma boa pedida!!!

    ResponderExcluir
  5. Flor, eu tinha sumido geral da blogosfera....mil coisas aconteceram, mas eu to de volta, viu?

    ResponderExcluir
  6. livroooos *----------*
    adorei seu blog

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nada dessa autora.

    Que nesta Páscoa, o Coelhinho seja generoso com você trazendo muitos ovinhos, além de muita fé, amor e paz; e que você esteja cercada de muita alegria e rodeada pelo carinho dos amigos e familiares.

    Que esses ovinhos trazidos por ele, adocem cada vez mais a sua vida e com ele traga também uma renovação de vida e muita PAZ!

    Desejo-lhe uma Páscoa iluminada e repleta de bênçãos e, com muitos chocolates, é claro!

    FELIZ PÁSCOA!

    Beijos.

    Carla.

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela