O Casamento de Hester - Paula Marshall



Sinopse:

ELE NÃO QUERIA ENTREGAR SEU CORAÇÃO...

Austrália, século XIX

Ele não queria entregar seu coração...

Hester Waring ficou quase à míngua depois da morte de seu pai, um homem que levara uma vida devassa e inconsequente. A salvação veio de quem ela menos esperava: Tom Dilhorne, ex-presidiário e o homem mais rico de Sídnei. Tom conseguiu para Hester um emprego de professora, mas sabia que, para ser aceito na sociedade, teria de se casar com uma lady. Por que não Hester? Ela era uma lady, e não era o tipo de mulher que o atraía.
O que era uma vantagem, pois, assim, ele não correria o risco de se apaixonar...


Minha Opinião:

Um dos melhores livros que já li.
Sem dúvida adoro a Dinastia Dilhorne. Tenho todos os cinco livros da série que são meu xodó pessoal.
Eu diria que "O casamento de Hester" é o livro mais importante da série e quiçá o melhor.

Hester é uma mocinha "pseudo patinho-feio" que sempre foi vítima da indiferença dos pais e do desprezo dos outros.
Por ser pobre, "feiosa" e filha de um bêbado perdulário que após a sua morte a deixou coberta de dívidas e na mais completa miséria, o que por pouco não a leva para uma vida degradante lhe roubando a pouca dignidade de dama que lhe resta, se não fosse salva pelo homem que considerava o inimigo de seu pai e o pior homem na terra. O ex-condenado Tom Dilhorne.

Tom na verdade nunca teve nada contra o pai ou toda a família de Hester, pelo pai sempre sentiu indiferença e talvez um certo divertimento ao ver como o homem lhe detestava sem motivo aparente e pela filha uma certa compaixão.
Mas ao se aproximar de Hester - por ser o homem perspicaz que é - consegue enxergar o que vai além da aparência mal cuidada e frágil e vê uma alma forte, sagaz, vibrante e cheia de vida que virá a ser o único e grande amor da sua vida.

Acho fenômenal o fato de Tom ver além do que os outros poderiam enxergar o que os outros jamais conseguiriam ver se não fosse pela sua intervenção na vida de Hester, fazendo desabrochar a linda mulher que ela é. Ao mesmo tempo que se apaixona por ela antes de sua beleza se exteriorizar, Tom se apaixonou pela essência de Hester.
O relacionamento dos dois evolui de uma forma muito linda e todo o livro tem uma linguagem bem romântica e requintada. Os diálogos e cenas são descritos com riquezas de detalhes e dados históricos fiéis.
Simplesmente maravilhoso!

Você pode ler um trecho do Casamento de Hester clicando aqui.

Como já disse este livro pertence a uma série chamada "Dinastia Dilhorne" que é composta pelos seguintes livros:

A dama e o condenado - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 07)
O casamento de Hester - Paula Marshall (Clássicos Históricos 201)
Tramas do destino - Paula Marshall (Grandes Romances Históricos 11)
Farsa inocente - Paula Marshall (Clássicos Históricos Especial 142)
Feitos um para o outro - Paula Marshall (Clássicos Históricos 252)

Todos se passam em momentos históricos importantes da Austrália, Inglaterra e Estados Unidos.
Em breve farei resenhas dos outros.
Adoro os livros da Paula Marshall.

O casamento de Hester é maravilhoso!!!
Romântico, doce, espirituoso e completamente apaixonante.
Mais que recomendado.
Bjs

8 comentários:

  1. Eu amo romances históricos e esse realmente parece ser muito bom...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  2. Nossa, pra dizer que é um dos melhores livros que vc já leu, então deve ser bom mesmo! Eu tbm sou como a Débora, apaixonadérrima por romances históricos (principalmente os medievais, mas faz tempo que eu não leito nada assim. Tá anotado!

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu AMO esse livrinho... comprei a edição da Nova Cultural na banca mesmo, na época que foi lançado... eu era bem mais nova, e não tava esperando muita coisa, mas me apaixonei pelo livrinho. Os romances de banca têm dessas coisas, né, quando a gente menos espera dá de cara com uma história inesquecível. :)

    ~> Eu sabia que havia outros livros, e já tentei comprar certa vez, mas estavam esgotados.. anotei os nomes aqui, vou pesquisar no EV.. :)

    Bjos! Amei a resenha, e concordo totalmente com td o q vc escreveu! ^^

    ResponderExcluir
  4. Tenho esse livro na versão da Harlequin e gostei muito, nossa, o mocinho é maravilhoso e eu queria um para mim, rsrsr


    Lu - http://librosdiamore.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Parece ótimo!
    Mas os livrinhos da série são independentes, né? Posso começar por qualquer um, sem medo?

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Meninas!
    Muito obrigada pelos comentários! ^^

    Giselle:

    O ideal seria que você começasse a leitura por ordem, porque como é a série sobre uma família, vc poderia acompanhar a cronologia certa dos acontecimentos.
    Por ex: No primeiro livro "A dama e o condenado" o Tom é coadjuvante, no segundo "O casamento de Hester" é a estória de amor dele com a Hester e nos outros são os filhos deles, mas os pais aparecem neles só que mais velhos. Então acho que para melhor entendimento seria bom ler na ordem.
    Mas cada um tem sua estória própria. ^^
    Espero ter ajudado.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Obrigada, Rafaela!
    Vou começar do começo então... rs
    Eu já caí na besteira uma vez de começar pelo 2o de uma série, sem saber. As estórias também eram independentes, mas eu acabei sabendo coisas que estragavam a anterior.

    Vaelu pela dica!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. acabei de ler o Casamento de Hester e amei. a sensação que dá dps que acabamos de ler é que queremos que a história nn tivesse fim. eu o classificaria como surpreendente, apaixonante (principalmente!) e espirituoso, assim como a protagonista. Indico também o livro A casa das Máscaras da autora Candace Camp. Segue esse mesmo estilo e também é surpreendente. comecei a ler hj mesmo o "Feitos um para o outro". espero que seja tão bom quanto a esse que acabei de ler.

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela