Questiovista com Bianca Briones



Dados pessoais básicos:

Nome: Bianca Briones

Idade: 30 anos

Cor preferida: Lilás

Hobby: Ler, escrever e assistir a filmes e séries.

Que dia é e que horas são quando está respondendo estas perguntas? 11/10/10 – 15h29

Possui blog(s) e/ou site(s)? Quais? Sim. Possuo o Redoma de Cristal há 10 meses. Começou como blog e hoje é um site, mas ainda mantenho o blog dentro dele. http://redomadecristal.com.br e http://redomadecristal.com.br/blog/

Outros endereços na Internet?

Twitter: http://twitter.com/BiancaBriones
Skoob do livro: http://www.skoob.com.br/livro/127553-entre-o-amor-e-a-amizade
Skoob pessoal: http://www.skoob.com.br/usuario/158906

Livros escritos:

Entre o Amor e a Amizade

Quem escreve geralmente lê bastante então quais são seus escritores favoritos? Quais deles são referência para você e lhe influenciam de alguma maneira?

Meus autores favoritos são Machado de Assis e Clarice Lispector. Eles são referência sempre. Às vezes, sinto uma carência e vontade de reler suas histórias. Não sei dizer se me influenciam, sei apenas que são necessários a mim.

Livros favoritos:

Meu livro preferido é A Mulher do Viajante do Tempo de Audrey Niffenegger. Achei a ideia fantástica e os personagens transbordam sentimentos.

O que está lendo no momento?

Lembra de Mim? de Sophie Kinsella (e estou me divertindo demais rs)

Recomende outros escritores nacionais:

Machado e Clarice dispensam recomendações, né? rs
Quanto aos atuais, vamos aos que mais me surpreenderam, Vivianne Fair, Kamila Denleski, Leila Rego, Roberta Polito, entre outros. Ainda não li todos os que estão em evidência atualmente, mas já tenho a maioria na minha estante.

Dicas para quem quer escrever um livro:

Antes eu dizia que era apenas ter fé em seu trabalho e nunca deixar escrever, mas depois de alguns livros que tenho lido. Acredito que a principal dica para quem quer escrever é que os personagens precisam parecer reais. Não importa se a história é de bruxos, anjos, vampiros, semideuses ou humanos normais. É preciso que o personagem toque o leitor, que tenhamos a sensação de que ele poderia ser nosso vizinho, amigo, irmão, etc. Da atualidade, Harry Potter, Percy Jackson, Bella Swan, Patch, e muitos outros são exemplos de personagens “reais” e todos são sobrenaturais. Isso porque eu nem gosto da Bella, mas não há como negar que quanto mais humano parecer um personagem, mais identificação ele gerará no leitor. Caso contrário, mesmo a melhor história ficará parecendo vazia. Acreditem na sua história e no que quer contar. Leia e releia do ponto de vista do leitor. Não se feche para as críticas. Se alguém ler e não gostar, queira saber o motivo, não com orgulho ferido, mas com a intenção de crescer como escritor e pessoa.

Você acha que o mercado editorial está mais receptivo com os autores nacionais? Por quê?

Me parece que sim. Há muitas editoras surgindo e outras, que já existiam, estão aparecendo mais por causa do twitter e blogs. Isso ajuda um pouco, mas não dá para contar apenas com as editoras fazendo todo o trabalho.

Recomende alguns blogs/sites literários que você acessa e acha que são importantes para os leitores:

Hum... Ficaria sem jeito de apontar um ou dois. Há muitos blogs e sites bons na blogosfera e que fico orgulhosa quando leio. Leio quarenta mais ou menos. rs


Sobre o livro “Entre o amor e a amizade”:

Conte um pouco como surgiu a ideia da estória.

No começo de março, escrevi um conto chamado “Entre o Amor e a Amizade”. Ele me veio como um raio e deixei sair. Depois, senti a necessidade de escrever mais partes e, por fim, percebi que contos não eram suficientes para contar a história e nasceu o livro.

Quando começou a escrever o livro e quando terminou? (Datas)

Comecei em março e terminei em setembro.

Já tem uma editora? Como se dará esse processo de publicação?

Sim, Editora Lexia. Faremos a primeira edição pequena, com 300 exemplares. Acredito que com muito carinho, dedicação e divulgação, conseguiremos vendê-los bem.

Data de lançamento definida?

Sim. Dezembro de 2010. O dia ainda não foi fechado.

Qual foi a reação da sua família quando você disse que ia escrever um livro?

Eu sempre escrevi desde pequena. Por incrível que pareça, o livro foi uma cobrança de familiares e amigos que sempre me diziam: “O que está esperando?” rs

Você pensou em outros títulos para o livro?

Sim. Sempre tive dúvidas com esse título. Na verdade, esse valia para o conto, mas aí o pessoal começou a associar com o livro e, após algumas pesquisas, resolvi deixar.

Em sua opinião qual é o personagem mais cativante e o mais complexo do livro? E por quê?

Não sei dizer qual é o mais cativante. Eles são personagens bem reais, então muito da vivência de cada um influenciará na preferência por um deles.
O mais complexo, sem dúvida, é o Rafael, por causa da história dele e tudo o que passou. Aliás, um passado sobre o qual ele não quer falar.


Sobre música:

“Entre o Amor e a Amizade” tem trilha sonora? Qual?

Tem sim. São aproximadamente quarenta músicas que ouvia enquanto escrevia e que refletem muito os sentimentos dos personagens em relação ao que estão passando. Não revelarei qual ainda porque estou preparando uma surpresa. rs

Você escreve ouvindo música? Se SIM o que você ouve?

Sim. É segredo por enquanto. rs

Você acha que as músicas que você está ouvindo no momento influenciam de alguma maneira na estória?

Às vezes acontece. Esses dias escrevi um conto por causa de uma música que não saia da minha cabeça. rs

O que toca no seu MP3/4/5?

Lifehouse, entre muitos outros. rs


Sobre o futuro:

Já existem planos para algum outro livro?

Sim. Tenho dois projetos de fantasia, outro romance e um infanto-juvenil. Estou esperando o lançamento do “Entre o Amor e a Amizade” para me decidir qual tocarei primeiro.

Outros projetos literários (contos, antologias, etc)?

Há uma antologia em andamento também, mas ainda não tenho muitas informações.

Outros projetos futuros na Internet ou fora dela?

Escrever, escrever e escrever. Sempre buscando melhorar e trazendo um material bom aos leitores.

Qual seu grande sonho para o futuro?

Meu sonho já está se realizando com a publicação do livro. Agora é só continuar trabalhando muito.


Bianca, muito obrigada por aceitar participar da Questiovista. Não tenho nem palavras para agradecer pelo carinho e pela atenção. Você é uma ótima pessoa e merece tudo de bom! Mil beijos ^^ E muito obrigada a vocês leitores por prestigiarem meu blog com suas visitas e comentários. Espero que tenham curtido. Bjs a todos.

4 comentários:

  1. Oummm... Sou eu quem deve agradecer, querida, por todo o carinho que tem comigo e apoio que dá ao que escrevo.
    Adorei responder as suas perguntas. *-*

    Ah... Acabei de perceber que cometi um pequeno deslize aí em cima. rs
    Na questão: "Dicas para quem quer escrever um livro", onde está "descrever" é "de escrever". É logo no início. Pode arrumar? Escrevi rápido e comi espaço e letra. rsrs

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Adorei a entrevista :)

    A Bianca é um amor, merece que o livro seja publicado e que faça muito sucesso.

    Concordo com ela que os personagens têm que parecer reais pra que o leitor se identifique.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Já arrumei Bianca. O prazer foi meu! Bjs ^^

    Obrigada pelo comentário Cíntia! A Bianca é um amor mesmo. ^^
    Super bjs

    =D

    ResponderExcluir
  4. Adoreiiii....

    Aproveita tem post novo no blog, entrevista exclusiva + promoção. Não deixa essa passar!
    http://starbucksandbooks.blogspot.com
    Mil beijokas

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela