Lucíola - José de Alencar


Sinopse:

Publicado em 1862, Lucíola, de José de Alencar (1829-1877), é um romance urbano, cujo tema central não poderia deixar de ser o amor; só que um amor sublimado, idealizado, capaz de grandes renúncias e sacrifício.

Minha Opinião:

Lucíola é, creio eu, o romance com tema mais polêmico de José de Alencar. Ele é o primeiro livro da conhecida 'trilogia' criada pelo escritor e nomeada por ele como "perfis de mulheres", os livros desta tríade são: Lucíola, Diva e Senhora (nessa ordem).

A protagonista deste livro é Lúcia, uma famosa, linda e considerada excêntrica, cortesã, (cortesãs era o termo como eram conhecidas as prostitutas de luxo da corte da época), que vive um amor proibido, condenado pela sociedade e cheio de sofrimentos com o recém formado advogado pernambucano que acaba de chegar ao Rio de Janeiro, Paulo, que é quem narra a história através de cartas escritas à uma senhora amiga sua.

A história de amor dos dois é repleta de momentos difíceis e complicados emocionalmente, apesar disso ou talvez por causa disso, Lúcia seja uma personagem tão fascinante com tantos opostos e contradições, apesar do final triste, (a maior parte do livro eu detestei o Paulo, muito incompreensivo) e que eu logicamente não gostei, ( não gosto de finais tristes ou aqueles que deixam alguma coisa no ar para ser subentendida ou interpretada pelo leitor - pelo menos 99% das vezes), é um livro muito bonito, (além de ser de José de Alencar \o/) e acho que vale muito a leitura.

Você pode ler outras resenhas minhas sobre outros livros de José de Alencar, clicando aqui.

Um comentário:

  1. Já li José de Alencar (óbvio), mas não gosto muito, enfim... preciso ler mais obras dele para ter uma opinião mais concreta.

    Estou seguindo aqui. Beijos.

    Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela