Os Adoráveis - Sarra Manning




Sinopse:

Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo The Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.


Minha Opinião:

Os Adoráveis de Sarra Manning é um livro super gracinha cuja protagonista eu me identifiquei (e acho que outros blogueiros também se identificarão rs) pelo fato dela ser blogueira e tuiteira também, então, apesar do blog dela ser de moda e estilo de vida e de ela ser muito famosa (fiquei impressionada com todos os prêmios que ela ganhou e ela ainda consegue ganhar dinheiro com isso, uau!!! rs), quando ela falava que ia escrever um post ou que tinha tido uma ideia pra um, eu lembrava logo daqui do blog e pensava: "Sei bem como é isso, Jeane." kkkkk. #alouca
Mas as coisas em comum terminam por aí e não estamos aqui pra falar de mim e sim da Jeane, do Michael e do seu livro bonitinho, rs.

A Jeane é uma personagem muito forte e uma mistura interessante de pessoa com carisma que ao mesmo tempo tem um temperamento horrível e um gênio fortíssimo. A Sarra conseguiu criar uma personagem única e que é adorável mesmo com seus defeitos e erros. E ela foi tão bem sucedida que ao contrário do que poderia ter acontecido, eu não perdi a paciência com a Jeane em nenhum momento e a leitura ocorreu de uma maneira tranquila, e digo mais, até me diverti com o jeito dela (!) rs.

É curioso ver como ela e o Michael não tem absolutamente nada em comum, são pessoas completamente diferentes, com vidas totalmente diferentes e ainda assim, o romance deles começa aos poucos e os sentimentos entre eles (que eles não admitem que têm) começam a crescer sem eles nem se darem conta. Aliás, um dos muitos pontos positivos da trama na minha opinião foi esse; o envolvimento deles começar devagar e de forma sutil, natural e descompromissada, a autora conseguiu introduzir essa parte aos poucos na história e foi muito feliz ao fazer isso, pois ao contrário ficaria algo difícil de acreditar e forçado porque a princípio os dois personagens se detestam.

O livro é muito fofo, o texto só é um pouco lento no começo mas nada que seja arrastado, se você estiver com paciência para ler algo mais calmo assim, você vai se divertir bastante como eu, principalmente quando a história engrena e você já se acostumou com o caráter excêntrico da Jeane. E esse romance "gato e rato"/"entre tapas e beijos" do Michael com a Jeane é uma das coisas mais legais do livro além da mensagem de "seja você mesmo" que ele passa.
Gostei muito, foi uma ótima primeira experiência de leitura de livro da autora.

2 comentários:

  1. Ahhhhh
    Livro sobre blogueira?
    Já me ganhou aí
    quero ler!
    bjs
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Só de ler a sinopse e ver a capa já me ganhou e quando li sua resenha fiquei encantada. Quero ler o livro. Parabéns pela resenha, está ótima.

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela