Amor, maior que tudo - Nora Roberts - (Maratona de Banca)




Sinopse:

Corpos febris, gemidos abafados. É o amor!

Que lábios sensuais e tentadores! Devem ser macios, Laurel imagina ao deter o olhar sobre eles. Macios e ao mesmo tempo violentos, apaixonados, másculos. Bastaria a ela chegar mais perto, erguer o rosto e...

Sexo com ela deve ser uma experiência e tanto! Matt tem desejos de agarrá-la e roubar aquele beijo que Laurel quase lhe deu espontaneamente.
O ontem e o amanhã estão bloqueados pelo presente. Laurel e Matt: loucos, loucos.


Minha Opinião:

Sétimo livro da Maratona de Banca 2013, e livro do mês de Outubro (consegui atualizar, ueba! \o/) com o tema: Livro da autora Nora Roberts.

Esse livrinho para mim foi como o correspondente ao mês de Setembro; uma leitura agradável mas que não desperta grandes emoções.

Laurel e Matthew trabalham na redação de um jornal (que é do pai da Laurel), são vizinhos (moram no mesmo prédio, lado a lado), além disso, o Matt é o melhor amigo do irmão da Laurel e eles se conhecem desde os tempos da faculdade onde eram colegas de quarto, e tudo seria ótimo se não fosse por um "pequeno detalhe"... Laurel e Matt não se suportam, (na verdade é mais pela parte da Laurel), brigam como cães e gatos (principalmente quando o Matt fica soltando piadinhas com o jeito da Laurel e cantando ela rs) e se toleram, tentando camuflar uma atração poderosa e talvez até algo mais profundo, e talvez a relação deles continuasse assim (ou não) se uma mulher não aparecesse no jornal pedindo ajuda para descobrir quem matou a irmão dela e eles não fossem obrigados pelo chefe (o editor, não o pai da Laurel) a trabalharem juntos na investigação de uma matéria para tentar descobrir a verdade sobre a morte de uma moça que acabam descobrindo que era esposa de um grande amigo e também o primeiro amor (não correspondido) da Laurel.
Em busca pela verdade, se a jovem foi realmente assassinada ou não e se foi, por quem, eles acabarão descobrindo verdades amargas (nesse caso, a Laurel), terão algumas surpresas bem desagradáveis, a Laurel sofrerá ameaças de morte e mesmo com tudo isso acontecendo terão que aprender a lidar com as descobertas dos seus próprios sentimentos e com a mudança total na sua relação.

Achei esse livro bem mais ou menos por ser um da Nora, mas fiquei o tempo todo me lembrando que esse livro foi publicado originalmente em 1985, ainda começo da carreira dela, por isso é perfeitamente normal não ser tão bom quanto os de hoje em dia; geralmente quanto mais um autor escreve melhor ele fica, por isso, tendo isso em mente, dei um desconto enquanto lia rsrs. Mas achei os protagonistas bem legais; desde esse tempo a Nora já criava heroínas fortes e a Laurel é assim, só achei ela um pouquinho teimosa e metida a ser a certa demais, confesso que em alguns momentos ela me irritou um pouquinho por isso mas depois quando ela "dava o braço a torcer" ela se redimia comigo rs, já o Matt me conquistou; determinado, decidido, irônico, não é arrogante, adorei ele rs. E também gostei muito da reviravolta no final sobre a identidade do assassino(a), apesar de não ter sido uma surpresa porque essa pessoa também estava na minha lista, mas foi bom de todo jeito porque, bom, gostei da solução e da explicação e não foi forçado, rs.

No geral foi uma boa leitura, não impactante, sem surpresas, porém boa, deu pra ler bem rapidinho.
Tomara que a do próximo mês seja melhor, um pouco mais emocionante. *torcendo*

Ah, sim! Quase esqueci: esse livro faz parte de uma série chamada Language of Love (Linguagem do Amor, numa tradução livre) com 48 livros que a Nora escreveu na década de 80 e foram relançados na década de 90 - cada um associado com uma flor (que na reedição nos anos 90, foram colocadas nas capas) - mas cada livro pode ser lido separadamente, as histórias não tem nenhuma ligação, nem os personagens. Esse livro Amor, maior que tudo é o 21º da série e tem como flor correspondente a Orquídea. ;)



Um comentário:

  1. Gente, a Nora é uma máquina de escrever, uau!

    Te espero lá no meu cantinho, =D
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela