Seis coisas impossíveis - Fiona Wood




Sinopse:

Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada... E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito. Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como: 1. Beijar a garota. 2. Arrumar um emprego. 3. Dar uma animada na mãe. 4. Tentar não ser um nerd completo. 5. Falar com o pai quando ele liga. 6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí... Mas impossível mesmo será: 1. Não torcer para que Dan supere seus problemas. 2. Não rir muito com os devaneios dele. 3. Não querer ter um cachorrinho como Howard. 4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade. 5. Parar de ler este livro. 6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...


Minha Opinião:

Seis Coisas Impossíveis, de Fiona Wood, conta a história de Dan, um garoto que anda passando por uma enorme onda de azar, coitado; A empresa de seu pai faliu, eles perderam tudo, o pai anunciou que é gay e o casal se divorciou e agora Dan e a mãe não tem para onde ir e por isso foram morar na casa em que uma tia deixou para eles mas em que não podem mexer, mesmo que ela esteja caindo aos pedaços, porque foi tombada como patrimônio histórico e ainda por cima, ele (o Dan) tem que tentar dar uma força para a mãe a incentivando para que o negócio novo dela dê certo, ele tem que, para ajudar, tentar achar um emprego, e ainda sofrer com a ausência do pai, sonhar com a garota que gosta, e tentar se adaptar a nova escola e quem sabe fazer novos amigos.

Dan tenta superar todas essas adversidades com muito humor e mesmo com tantos problemas, ele tenta resolver as situações da melhor forma possível e como conseguir, levando com muito humor e persistência, e quem ler o livro vai se flagrar torcendo para ele conseguir resolver os problemas e se divertindo com as enrascadas em que ele se mete.
Fiona Wood, escreveu um livro em que mesmo com todos os dramas do personagem, o humor impera sem se tornar "pastelão" e que torna tudo mais leve e uma deliciosa leitura. Não tem como não se apaixonar pelo carisma do Dan e querer que tudo dê certo para ele no final.

Eu achei o livro uma gracinha, me identifiquei com o Dan na questão de fazer listas porque eu também tenho essa mania (só não tenho um número fixo de itens como ele que só faz listas de seis coisas rsrs) e recomendo como uma ótima leitura para se fazer depois de ler algo mais denso, algum livro mais "pesado". Me diverti demais com o livro, tanto com o próprio humor, ironia, e jeito de enxergar as coisas do Dan, quanto com os "pepinos" que ele tem que solucionar e as situações excêntricas que geram isso.
Muito fofo e engraçado o livro!

Segundo as pesquisas que eu fiz, esse livro tem um Companion Novel (quase como se fosse um spin-off, mas não é, é um livro que tem ligação com ele) que se chama Wildlife, em que uma personagem coadjuvante de Seis Coisas Impossíveis, Lou, uma amiga do Dan, aparece e - pelo que parece na sinopse - tem grande participação ajudando a protagonista de Wildlife.
Estou torcendo para que esse livro também saia por aqui porque gostei muito da mistura de melancolia e humor que a Fiona Wood criou em Seis coisas impossíveis, gostei muito do jeito dela escrever, como ela aborda os temas e do ritmo da narrativa. Vou ficar de olho em outros livros dela. =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela