Um ano inesquecível - Ronald Anthony





Sinopse:

Você acredita que o amor pode durar para sempre? Jesse Sienna não. O casamento de seus próprios pais era respeitável mas sem paixão; e sua própria história romântica indica que o amor queima ardentemente antes de desaparecer por completo. Então, quando seu pai, Mickey, muda-se para sua casa e parece não compreender o relacionamento superficial de Jesse com sua atual namorada, mas Jesse não lhe dá atenção.

É apenas um exemplo do quão diferente eles são e fica mais evidente que ele e seu pai nunca terão uma ligação mais profunda.

Mas a verdade é que Mickey Sienna conhece mais sobre amor do que a maioria das pessoas conseguem aprender na vida toda.

Há mais de cinquenta anos, ele encontrou o amor mais verdadeiro que a vida pode oferecer. Ele sabe das infinitas recompensas de investir seu coração e sua alma em alguém... E conhece o prejuízo devastador de deixar esse alguém perfeito escapar.

Quando Mickey percebe que Jesse não está dando valor a uma mulher extraordinária, decide que é hora de contar a história que nunca contou para nenhum de seus filhos a Jesse. Durante os meses seguintes, Mickey mostra seus momentos mais particulares e felizes para seu filho... e muda a percepção de Jesse em relação ao amor e as possibilidades de um relacionamento duradouro para sempre.


Minha Opinião:

Esse é o primeiro livro que leio do Ronald Anthony (pseudônimo usado pelo autor Lou Aronica), e tive uma impressão muito boa dessa leitura.

Um ano inesquecível conta a história do relacionamento distante entre o pai Mickey Sienna e o filho Jesse Sienna, sobre a falta de proximidade e entendimento que existe entre os dois durante a vida toda, talvez em grande parte causada pelo fato do Jesse ser um filho temporão (ou seja, um filho que nasceu "tarde", digamos assim) quando os pais não tinham mais vontade de ter outro filho e já tinham "fechado a fábrica", e todos os seus irmãos já eram adultos, além do fato dos dois (Jesse e Mickey - principalmente o Mickey) serem um pouco fechados em relação a demonstração dos sentimentos e a pouca vontade de ter um diálogo mais aberto.

Tudo isso começa a mudar quando o Mickey, depois da morte da sua esposa, fica morando sozinho e num dia acontece um incidente em que ele quase coloca fogo na casa por um descuido, e os filhos resolvem que ele não pode mais morar sozinho, sendo assim, o Jesse faz a oferta para o Mickey ir morar na casa dele e um fazer companhia ao outro, para assim, quem sabe, eles finalmente terem uma chance de estreitarem os laços afetivos. E a partir dessa decisão, mesmo com todos os problemas de relacionamento, falta de entrosamento e brigas, esse com certeza vai ser um ano inesquecível para ambos.

Eu achei esse livro muito lindo!
O autor soube tratar todo o tema da relação entre pai e filho de uma forma emocionante e super verdadeira; a história e seus conflitos poderiam acontecer com qualquer um de nós ou com qualquer pessoa que nós conhecemos. Tudo é tratado de forma muito real mas com extrema delicadeza e sensibilidade e o final é bem real.
Apesar de ter vários flashbacks durante o livro - coisa que eu não gosto, pois geralmente me entedia - estes não atrapalharam a minha leitura, pelo contrário, me ajudaram, a junto com o Jesse, entender melhor a cabeça, as emoções e motivações do Mickey e contribuiu para eu me emocionar mais com a história de amor eterno linda do Mickey.
Tive receio de ler esse livro por um tempo, por medo de ser um drama daqueles bem pesados e depressivos, por isso foi uma ótima surpresa descobrir que a história tem um certo drama, (é considerada na categoria de drama com romance) mas é algo leve, mais para emocionante e romântico do que um dramalhão em si.
Terminei com lágrimas nos olhos mas com o coração cheio de emoções boas.
Adorei!

Um comentário:

  1. Parece mesmo bem emocionante, adorei saber que não é um dramalhão, imagino que o Mickey tenha uma linda história para contar. Eu gosto de flasbacks desde que bem colocados. =)

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela