Beije-me antes de morrer - Allison Brennan




Sinopse:

Parecia bem típico: uma adolescente fugiu de casa para curtir uma festa, como fazia todos os fins de semana. O problema é que, dessa vez, ela não voltou. Enquanto isso, um serial killer apelidado de Estrangulador de Cinderelas, frequentador assíduo das festas mais undergrounds de Nova York, está se aproveitando da vulnerabilidade de mulheres drogadas. Já são três vítimas friamente assassinadas. A agente do FBI Suzanne Madeaux está na caça desse assassino, e o investigador particular Sean Rogan está tentando encontrar a garota desaparecida. Para isso, ele conta com a ajuda de sua namorada, Lucy Kincaid. Atormentada por lembranças cruéis, Lucy está determinada a impedir que mais inocentes se deparem com o destino do qual ela mesma escapou por pouco. Sondando a psique distorcida de um assassino desumano, ela precisa confrontar os próprios medos – mesmo que isso ponha em risco o futuro emprego no FBI e a felicidade ao lado de Sean.


Minha Opinião:


Beije-me antes de morrer é o segundo livro da série Love Me to Death, mais conhecida como série Lucy Kincaid, composta, até o momento, por seis livros e dois extras, e é uma das minhas séries de livros favoritas.

Nesse segundo volume, Lucy ajuda seu namorado Sean Rogan no seu trabalho como investigador a tentar localizar uma adolescente desaparecida - que por sinal é uma prima distante dele - que sumiu depois de não voltar de uma festa underground, só que pra variar, eles descobrem ao longo da investigação que existe muito mais por trás disso do que eles supunham, as circunstâncias fazendo com que eles tenham que juntar forças com a agente do FBI Suzanne "Mad Dog" Madeaux para tentar "encaixar todas as peças" dos crimes revelados e tentarem, juntos, em colaboração, prender o assassino conhecido como Estrangulador de Cinderelas por levar um dos sapatos de suas vítimas, tudo isso enquanto a Lucy espera uma resposta para seu dilema pessoal, seu maior sonho; tentar entrar para o FBI, ser uma agente.

Nesse livro Lucy e Sean (que está cada dia mais maravilhoso, inveja da Lucy rs), enfrentam certos problemas em seu recente namoro, problemas tanto como as sombras do passado da Lucy, como do presente através do irmão da Lucy, Patrick, que fica tentando se meter onde não é chamado (rsrs) - o que me pegou de surpresa porque eu nunca pensei que ele fosse ter esse tipo de postura e ficar "pentelhando" o relacionamento da irmã com o amigo e sócio dele (!!!) O.o.

O livro é muito muito bom, a Allison Brennan continua arrasando na parte de suspense e também na parte romântica, e percebe-se que ela fez uma grande pesquisa sobre a parte de criminalística, porque o livro está recheado de informações e dados policiais e sobre a rotina policial.
Gostei mais do primeiro, Se eu morrer antes de você, achei mais impactante e envolvente, mas esse livro também é ótimo, tem várias reviravoltas. A Allison é genial.
Super recomendo! Fico aguardando ansiosa (e curiozérrima) agora pelo próximo, o terceiro da série, "If I Should Die" (ainda sem título em Português). *_*

2 comentários:

  1. Oi Rafa! :D
    Tinha que ter alguém para atrapalhar o romance. ¬¬'
    Também amei o livro mesmo que não tenha lido mais gostei muito das história, ainda mais que é um romance policial meu gênero favorito!!
    Beijos!! (:

    ResponderExcluir
  2. Curiosa com a escrita dessa autora, essa capa é bem legal.
    Curioso o título do assassino. XD
    Pobre rapaz ter de investigar umcaso que envolve um parente deve ser tremendamente mais tenso.
    Adorei a resenha e preciso ler os dois livros. =)

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela