Uma questão amorosa - Michelle Reid - (Maratona de Banca)




Sinopse:

Não era à toa que todos diziam: não é boa idéia misturar paixão e trabalho. Pior ainda é ter um caso com o chefe. Maximiliam Maddon era o empresário frio e calculista, mas totalmente passional quando os dois estavam a sós. Só que chegou um momento em que isso não era mais suficiente para Clea, queria ser mais que uma amante escondida do grande empresário. Grávida, não o forçaria a um casamento por dever. Era capaz de criar seu filho sozinha. O que ela não contava era que Max não estava disposto a deixá-la partir livremente...


Minha Opinião:

Segundo livro da Maratona de Banca 2013, e livro do mês de Maio com o tema: Livro da autora Michelle Reid.

Uma questão amorosa é um livro bem curtinho que dá para se ler "numa sentada" no sofá, em um momento em que você queira relaxar e ler algo despretensioso com o único objetivo de se divertir depois de uma leitura mais pesada, mais densa.

Esse livro é, originalmente, de 1988 e por isso, eu relevei algumas características da personalidade da mocinha, a Clea, e isso fez com que eu não me irritasse tanto. hahahaha
Uma das coisas que me irritaram nela foi a bipolaridade; cada vez que ela mudava de opinião sobre se queria ficar com o Max ou não, me fazia respirar fundo para tentar me acalmar e outra coisa foi a futilidade e a imaturidade da personagem que me desagradaram profundamente; em alguns momentos ela era madura em outros tinha atitudes infantis, personagem rasa e incoerente. Fiquei toda hora me lembrando do contexto histórico em que esse livro foi escrito, da época, final dos anos oitenta, e dá pra ver como as características sociais da época influenciaram a escrita da autora.

Para ser sincera, eu achei esse livro, apesar da mocinha indecisa, melhor que o anterior da Maratona, por isso, a leitura foi bem mais fácil de fazer e - apesar de o livro ser pequeno -, foi muito mais rápida e não foi aquele tormento todo que foi no livro da Candace. \o/ kkkkkk
Vamos ver agora o que o livro do mês que vem me reserva. =P

Um comentário:

  1. Caramba, li tantos dessa época, pq minha mãe colecionava. Ainda os tenho, mas ela não acrescentou mais nenhum à coleção. =(
    As mocinhas são irritantes mesmo, mas dá umas boas gargalhadas. hehe
    As capas é que são feinhas, né? E quase sempre a mesma coisa.
    Boa sorte com o próximo..

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela