Tentação - Eve Berlin




Sinopse:

Mischa Kennon não é de se deixar dominar, pelo menos não até conhecer o sexy Connor Galloway, um irlandês de olhos verdes com um ar de autoridade que acha difícil resistir. Durante a realização de tarefas como dama de honra de sua melhor amiga, Mischa se entrega a uma relação casual com Connor. Ela se surpreende com a emoção de seu domínio, e a paixão pelas brigas antes da rendição. É tudo diversão e jogos no clube de BDSM, até que Mischa percebe que Connor poderia dominar seu coração. Se ela se rende ao desejo, vai ser muito para aguentar, ou vai mostrar um tipo de amor que nunca imaginou possível?


Minha Opinião:

Tentação é o terceiro e último livro da trilogia Luxúria (Edge, no original) - eu já resenhei o segundo, No limiar do desejo, aqui - que conta a história de Mischa Kennon, amiga da Dylan, de Luxúria, o primeiro livro da série, com Connor Galloway, amigo do Alec, par romântico da Dylan. Mischa e Connor serão padrinhos do casamento dos amigos e se conhecem num jantar oferecido pelos noivos para comemorar o noivado, nesse encontro surge uma forte atração mútua que a partir desse instante, mudará a vida dos dois muito mais do que imaginam.

Vamos as minhas impressões: na verdade, não tenho muito o que comentar sobre esse livro, por isso a resenha vai ser curta.
De forma geral gostei do casal, os sentimentos deles e seus conflitos internos me convenceram, aliás, acho que eles se completam, são "a tampa e a panela" um do outro nessa singular relação, mas minha simpatia foi até aí.
Acho que pelo livro ser maior, e por isso ter um aumento na quantidade de cenas sexuais (bem mais que em No limiar do desejo, que já tem muitas), achei tudo muito cansativo, além do fato de eu não gostar do tema do BDSM, que foi abordado de uma forma bem mais real e forte nesse livro; nada de "só palmadas" em Tentação as técnicas ficam bem mais variadas e um pouco pesadas - por isso, eu acabei demorando muitos dias lendo esse livro, um pouquinho à cada dia, pois senão já ficava cansada. rs
Nesse aspecto, apesar de não gostar e  não concordar com nenhum tipo de submissão - mas respeito quem pratica, cada um na sua -, achei o segundo livro melhor, que apesar do excesso de sexo, tem a parte de BDSM bem mais leve.

Eu acho que se você gosta do gênero, é uma boa pedida, mas a mim propriamente não agradou e sinceramente fiquei aliviada quando acabou, agora pretendo dar um tempo de leituras do gênero e ler outros estilos de livros para variar nas leituras. Mas deixo o aviso: só leia esse livro se você realmente gosta da temática e se gostou muito dos anteriores, porque senão pode ser que acabe se tornando uma leitura muito arrastada, como aconteceu comigo. =/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela