P.S. Eu te amo - Cecelia Ahern




Sinopse:

Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.


Minha Opinião:

Uma das leituras mais surpreendentes que tive nos últimos tempos!!! *-*

P.S. Eu te amo é o primeiro livro que leio da escritora Cecelia Ahern e confesso que demorei muito para lê-lo pois eu sempre ouvi dizer/li por aí que era um livro muito emocionante e que faz o leitor chorar e tal, por causa de toda a questão do tema da morte do Gerry e de como a Holly tem que aprender a conviver com essa realidade e a viver sozinha e com saudade, e eu sempre pensava: "Ai vou chorar muito lendo esse livro, já tô vendo tudo, vou ler depois." E esse depois ia ficando para depois e depois porque eu não estava muito no clima, com um humor feliz para lê-lo, não estava deprimida mas também não estava preparada emocionalmente para ler algo que eu considerava tão triste e "pra baixo".
Por isso enrolei tanto para lê-lo e me arrependi muito!

O livro é MARAVILHOSO!!!
A Cecelia Ahern é extremamente talentosa principalmente considerando que este é seu primeiro livro.
A narrativa faz sim o leitor chorar mas ao mesmo tempo tem a capacidade de fazer rir na mesma intensidade. Em uma página você ri, não outra chora, na outra ela descontrai de novo e assim sucessivamente, são tantas emoções misturadas durante a leitura, e ao mesmo tempo é tudo tão leve e emocionante, que não tem como não derramar uma lágrima e dar uma risadinha que seja com as aventuras e micos em que a Holly se mete ao realizar as últimas vontades do Gerry da lista que ele criou para ajudar a Holly a seguir em frente com a vida dela sem a presença dele.
O texto é de uma delicadeza ímpar; apesar de ter momentos divertidos, em nenhum deles a autora trata a morte de forma leviana ou desrespeitosa, muito pelo contrário.

P.S. Eu te amo é um livro que fala sobre um tema triste de uma maneira leve e tocante, perfeito. Considero melhor que o filme, e olhe que o filme é muito bom. Adorei!

Um comentário:

  1. Eu assisti o filme mais vezes que consigo me lembrar, e todas elas eu chorei :}
    O livro com certeza, vai conseguir essa proeza também.
    ^^

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela