Anjo secreto - Catherine Spencer



Sinopse:

A enfermeira Emily Tyler fora para a Grécia com boas intenções, mas Nikolaos Leonidas via nela apenas uma aproveitadora cobiçando a fortuna de sua família. Para desmascarar a “bela frágil”, um fim de semana de champanhe e sedução em seu iate daria conta do recado. Parecia ser o plano perfeito... Quando Emily prova sua integridade já é tarde demais: está apaixonada por Niko. A vida irresponsável que ele leva, no entanto, a deixa cautelosa, especialmente agora que espera um filho dele...

Minha Opinião:

Segunda história do livro Amor na Grécia, Paixão em Paris, Harlequin Dueto Nº12.

Achei Anjo secreto um pouquinho melhor do que a outra, em matéria de personagens, pois nessa tem uma interação (pouca, mas tem) entre os protagonistas e os coadjuvantes (ou talvez seja melhor dizer "O" coadjuvante que é o pai do Niko).
Mas fora isso o sentimento foi quase o mesmo da história anterior em relação a mocinha. Talvez menos irritação e mais desgosto dessa vez.

O curioso é que são duas histórias boas (e que teriam tudo para ficarem ótimas ao meu ver), com mocinhos que são de certa forma heróis (principalmente o Niko, que é herói por profissão) e que são maravilhosos, mas com mocinhas que - uma com a sua insegurança e a outra com o seu egoísmo, quase destroem suas histórias.
Emily é extremamente egoísta e incompreensiva e me desgostou muito porque me parecia uma mulher independente e de caratér bom, mas conforme as páginas foram passando vi que ela só pensava no próprio umbigo, totalmente decepcionante (porque achei que ia me livrar da péssima impressão causada pela Bella em Amante e nada mais, mas não rolou =( ).
Em resumo: ela não merecia o Niko. Nem um pouquinho.
Pensei que com a história de vida que ela teve, seria o oposto. Achei muito frustrante.

O final é bonitinho, mas não me fez mudar de ideia.
Minha leitura foi aos trancos e barrancos, e acho que quem for ler essas duas histórias, deveria ler só por causa dos mocinhos porque são personagens bem interessantes e cativantes, e de certa forma meio complexos, pensam de um jeito diferente, e pelo contexto geral das histórias, não se centre (ou tente) mas mocinhas, ou tente relevar as posturas delas (se conseguir, porque eu infelizmente não consegui), pois talvez aproveite melhor e ela flua mais rápido do que comigo.
Acho que é isso.
Bjs
Continue lendo...

O Príncipe e a Plebéia - Tuca Hassermann



Sinopse:

Sonho De Mil e Uma Noites de Verão

Para encontrar seu irmão, de quem foi separada na infância, Sarah lançara mão de certas habilidades que desenvolveu e que poucas mulheres possuem. Mas ela não imagina que está prestes a conhecer um homem... não um homem qualquer e sim um sheik de verdade... e que usará suas habilidades para salvar a vida dele num luxuoso palácio numa longínqua ilha do Oriente Médio...

Preocupado com sua irmã que fugiu do palácio, com a iminente rebelião por parte de uma facção de fanáticos religiosos em Nakabir e com os preparativos para seu casamento, a última coisa que Neyah Faraj precisava era descobrir-se apaixonado por outra mulher! Mas é impossível ignorar o desejo que sento por Sarah Baker, uma mulher linda e intrigante, disposta a correr riscos para proteger o palácio e a família dele... e a paixão irresistível que inflama seus corações!

Minha Opinião:

Este é uma delícia de se ler!
Já tinha lido duas resenhas muito positivas sobre ele e após lê-lo concordo com elas em gênero, número e grau.

Ele é um desse livros que depois que a gente lê e revê a capa ou ouve falar no nome novamente, lembra com carinho. Primeiramente porque ele é muito divertido, e segundo porque ele tem uma história que pode no começo parecer uma fórmula já batida, mas que vai se complicando, tendo pequenas reviravoltas e surpreendendo até o final, ou seja, de comum não tem nada rs.
O forte desta história são principalmente os personagens, que são muito legais, interessantíssimos. Principalmente a "plebéia" do título do livro,a mocinha Sarah, quer dizer, não sei se esse seria o título mais apropriado para ela, porque ela tem um comportamento bem duvidoso para uma mocinha rsrs, a começar pela sua profissão: ladra profissional
Agora imagine o rebu (nossa que expressão velha! o.O mas não consegui pensar em uma palavra mais perfeita pra definir essa situação rsrsrs) que vai dar quando se mistura uma ladra, totalmente independent woman, um príncipe herdeiro do trono de um país árabe, uma irmã que quer ser independente (imagina a "má influência" da mocinha rsrs) e uma turma de bandidões da pesada. Pois é, tudo isso e mais resulta nesse livro ótimo.

Livro de sheik que eu gostei muito (eeeeeeee \o/ raríssimo) e livro de banca de uma autora nacional (pra quem não acha que tem, olha aí um exemplo).
Super mega maravilhoso, capa linda também, adorei.
Agora só me resta  eu me juntar ao coro de meninas que leram e gostaram e pedir: "Por favor Tuca Hassermann escreva e publique os livros dos outros personagens coadjuvantes, que temos a forte impressão de que daria uma ótima série!"
Pedido feito. xD
É isso aí.
Mil bjs
Continue lendo...

Amante e nada mais - India Grey



Sinopse:

O perigosamente belo Olivier Moreau tem tudo: poder, dinheiro e uma infinidade de mulheres aquecendo sua cama. Mas há uma coisa pela qual anseia: sua vingança contra a família Lawrence! E que vingança melhor do que seduzir a inexperiente Bella Lawrence... e deixá-la de lado quando estivesse saciado? Olho por olho, coração por coração. Contudo, quando a fria vingança se torna uma ardente paixão, Olivier percebe que não conseguirá deixá-la. Bella permanecerá exatamente onde ele quer: em seus lençóis!

Minha Opinião:

Esta é a primeira história do livro Amor na Grécia, Paixão em Paris que é uma edição da coleção Harlequin Dueto que como o nome dá a entender, contém duas histórias, a outra é Anjo Secreto que resenhei aqui.

Me decepcionei um bocado com essa história, apesar da sinopse que eu achei interessante (e realmente a história é interessante se você for analisar por um lado mais prático) e da temática sobre vingança (que eu simplesmente adoro em livros), não gostei quase nada.
Acho que para mim o que realmente não me agradou foram os personagens, mais especificamente uma personagem, a Bella (eita nome badalado esse em livros, todo mundo usa agora rs...). 
Não rolou muita empatia entre nós duas (eufemismo enorme), por causa daquela velha história: personagem frágil demais, fraca demais, triste demais, que se lamenta demais, insegura demais, daquelas "oh céus, oh vida!", minha-vida-é-uma-porcaria-e-não-faço-nada-para-mudar-só-choro-e-espero-o-pobre-do-mocinho-resolver.
Ah vá catar coquinho, na bananeira minha filha! Não tenho mais paciência pra isso, não! #prontofalei
(Gente será que estou ficando insensível, espero que não, pelo menos acho que não =P)

Sério, não gostei dessa personagem. Ponto.
E acho que se não fosse por ela, a história ia deslanchar que era uma beleza na minha leitura, mas foi totalmente arrastada (para não dizer parada), ela atrapalhou muito.
O Olivier é um belo TdB Francês, e aguenta muita chateação para ficar com a Bella, isso é que é amor! (Apesar dos erros dele - ou possíveis erros, depende do ponto de vista - quem é a grande empata história é a Bella, que só faz m&*%@. Ele é um verdadeiro herói por ficar com ela.)

Achei uma história bem passável, tudo por causa dela. ¬¬
Infelizmente. =/
That's all.
Bjs
Continue lendo...

Expectativas Literárias 2011

Recebi este meme da minha amiga querida de coração Mara (Lady D'Arques) e fiquei muito feliz em participar, obrigada Marinha! ^^
É um meme muito legal, confiram abaixo minhas expectativas literárias para este ano.





Gênero que mais vou ler: Romance.

Gênero que vou ler menos: Suspense.

Lançamento internacional mais aguardado: Lover Unleashed - J.R. Ward

Lançamento de livro nacional mais aguardado: Hum... A continuação de Estrela Píer da Kamila Denlescki (talvez não role esse ano, mas a esperança é a última que morre rs ^^)

Continuação de saga mais aguardada: Lover Unleashed da J.R. Ward, o nono livro da série da Irmandade da Adaga Negra *-------------*

Final de saga mais aguardado:  A Saga Red Kings da Laura Elias e a série Fazendo meu filme da Paula Pimenta que também termina este ano.

Próximas compras: Amante Desperto - J.R. Ward e alguns Sabrina rs ^^

Quero saber as Expectativas Literárias para 2011 dos blogs abaixo:


Literatura de Mulherzinha
e
Mulheres Românticas
Continue lendo...

Enfim, o amor! - Jane Porter - (Maratona de Banca)



Sinopse:

Sophie sempre resistiu ao charme de Alonso Galván, um milionário argentino apaixonado por ela desde que eram adolescentes. Pior: ela se casou com um homem que a deixou viúva e cheia de dívidas.

Alonso, por sua vez, nunca renunciou ao amor que sempre sentiu por Sophie. Agora ela está sozinha e prestes a se meter em grandes confusões para descobrir o motivo da morte de seu marido, Lon fica ao lado dela para protegê-la de grandes perigos. E finalmente mostrar a Sophie sua louca paixão!


Minha Opinião:

Livro do mês de fevereiro da Maratona de Banca.
Tema: Estrangeiros
Enfim, o amor! pertence a uma série chamada Irmãos Galván (acho que é o último livro da série, não tenho certeza) e o escolhi para a Maratona porque o Alonso é de origem Argentina.

Gente, esse livro me surpreendeu total! *O*
Eu tinha expectativas boas (sempre tenho ao ler um livro, claro) mas não imaginei que ele iria conseguir me pegar de surpresa do meio pro final da história.
Vou contar mais ou menos (não posso contar tudo porque senão vai ser um mega spoiler e vai estragar a surpresa de quem ainda não leu) como se deu isso:

Nas dez primeiras páginas eu já comecei a detestar a Sophie (a mocinha do livro), já pensei: "Senhor, dái-me paciência!".
Vocês sabem por resenhas anteriores que eu não tenho muita tolerância com mocinhas ou outros personagens que só ficam se queixando da vida e não fazem nada pra mudá-la. Pois bem, este é exatamente o perfil da Sophie, tentei relevar e dar um crédito à ela e tentar não desistir do livro por causa disso, mas ela me causou uma impressão muito negativa, a ponto de eu pensar que a história estava perdida e ia ser chata por causa dela até o final. Só tirando o Lon que é tudo de bom, eu achei que só ia aguentar até o fim por causa dele rs, e devo dizer: que amor, Meu deus! Para aguentar as lamúrias e recusas da Sophie (aquela velha história de quer mas diz que não quer), só amando demais. Ele foi extremamente tolerante e paciente, quase um santo, porque peloamor! ¬¬'

Bem continuando, eis que eu fui tendo surpresas conforme a leitura evoluia, do meio para o final do livro a história foi crescendo, crescendo, crescendo, crescendo de tal forma que no fim eu fiquei totalmente passada com as revelações que são feitas a cerca do passado sombrio, sinistro e muito triste do falecido marido da Sophie e antigo amigo do Lon e dela. Nesse momento eu pensei: "Caraaaaca!"
Nunca poderia ter imaginado o conteúdo dessas revelações. Não estranhei, (porque não tenho nada contra - spoilerzinho), mas me deixou total e completamente surpresa.
Super adorei!

Amo livros assim, que a gente não dá nada por eles ou pelo menos acha que vai ser uma leitura sem grandes emoções e aí ele nos pega de guarda baixa e surpreende e emociona.
Nossa mega recomendo, encerrei a Maratona de Banca 2010 com chave de ouro! *---------*
É isso. ^^
Bjs e até a próxima!
Continue lendo...