O amor como herança - Catherine Archer


Sinopse:

Vingança era sua promessa...

Inglaterra, 1188

Simon Warleigh jurara vingar o assassino de seu pai adotivo. Porém ao retornar da Terra Santa, o valoroso guerreiro teve de enfrentar acusações falsas de traição e ainda a ameaça de ser despojado de seus domínios. Sua única chance de manter as terras adoradas de Avignon era casar-se com a filha do homem que fora o alvo de sues protestos de justiça!

Mas o amor era seu destino!

Então teve de casar-se às pressas com a formosa Lady Isabelle, gelada e impassível como uma estátua, mas dona de excepcionais olhos cor de violeta. No entanto, Simon não demorou em comprovar as fagulhas que queimavam sob o aspecto exterior de indiferença de Isabelle. E quando as ideias de desforra transformaram-se em amor, Simon decidiu quebrar o escudo de gelo da donzela e transformá-la em uma mulher de verdade... sua mulher!

Minha Opinião:

Este livro é o primeiro de uma trilogia medieval da Catherine Archer chamada de série Brotherhood of the Dragon e conhecida aqui como série Filhos do Dragão ou Cavaleiros do Dragão.

Trilogia Brotherhood of the Dragon:

O amor como herança (Dragon´s Dower) - CHE (Clássicos Históricos Especial) 145 - Simon Warleigh e Isabelle Kelsey (1º livro)

Cavaleiro do amor (Dragon's Knight) - CH (Clássicos Históricos) 241 - Jarrod Maxwell e Lady Luana (2º livro)

Um nobre amor (Dragon´s Daughter) - CH (Clássicos Históricos) 260 - Sir Christian Greatham e Rowena (3º livro)

Eu sou simplesmente apaixonada por romances históricos, foram os que primeiramente me cativaram a voltar a ler assiduamente, digo mais, foram os grandes responsáveis pela minha iniciação no que veio a ser depois um vício de ler.
E O amor como herança me fez recordar tudo de bom que esses primeiros livros me trouxeram, todo o fascínio, a beleza, as lições de História e Geografia da época, e toda a atmosfera que envolve os romances históricos.

Acompanhar a evolução do romance um tanto reticente entre o Simon e a Isabelle, como o sentimento entre eles vai nascendo e crescendo mesmo com a rivalidade pesada que há entre o Simon e o pai da Isabelle - que e péssimo, o vilão declarado do livro quiçá da série - é bonito.
É uma história que vai ganhando mais elementos, a trama central que começa e gira em torno da sede de vingança e justiça do Simon e seus dois amigos, que quando crianças fazem um pacto de honra e justiça por causa da morte de seu mestre, é cheia de aventura, ação e um enredo que vai se complicando conforme a leitura avança, o romance é a cereja do sundae, o toque final para que este livro se torne tão bom.
O vilão promete voltar nos próximos e agora EU QUERO os outros dois livros.

Catherine Archer tem um jeito de escrever muito especial, percebemos que foi feita uma aprofundada pesquisa histórica, é envolvente, gostei demais.
Agora é procurar os próximos para ler/ter porque estou me roendo de curiosidade para saber como continua.
NE-CE-SSI-TO.

Um comentário:

  1. Quero ler também!
    Quem souber onde tem por aqui manda o endereço!

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela