Amores incertos - Roberta Polito




Sinopse:

Neste romance envolvente e repleto de surpresas, são reveladas diferentes perspectivas do amor: relacionamentos mais saudáveis ou com maior dependência emocional.
Marina Spinelli é a personagem principal. Casada com Edu e mãe de Pedro, é arteterapeuta e vai para Florença estudar um pouco da vida dos mais importantes pintores, escultores e arquitetos. Lá ela conhece Luca Bérgamo, seu professor italiano. Marina precisa vencer vários desafios, principalmente o de manter seu grande amor que, além de passar por problemas próprios do casal, sofre ameaças e interferências externas.

O livro descreve as mais românticas cidades da Europa, principalmente na região da Toscana, na Itália, e suas obras de arte. Outras culturas também são retratadas, como festas e tradições familiares.
As personagens passam por dilemas referentes a carreira e vida pessoal, gravidez não planejada, amores do passado, paixões e ilusões.
Marina tem vários pacientes, cada um com questões bem particulares. Uns sofrem de transtornos psicológicos, interferindo de alguma forma na vida dela e mudando todo o destino da história.


Minha Opinião:

Esse livro é tudo de bom!
Mais uma autora nacional super talentosa.
Amores incertos é um livro muito interessante, a começar pelo formato, não possui capítulos e pela alternância entre os personagens narradores, que são duas, a mocinha e a vilã.
É muito curioso vermos os dois pontos de vista, os dois lados da história, por assim dizer.

O livro nos mostra como o amor pode ser vivido, sentido e interpretado de formas totalmente diferentes pela mente das pessoas, algumas de forma nada saudável, beirando a loucura.
É muito forte o contraste entre essas duas mulheres que são o centro da trama. Uma, equilibrada, ajuizada, mãe de família, batalhadora. A outra, confusa, perdida, obcecada, sem apoio afetivo da família.

É completamente intrigante acompanharmos a vida de cada uma e descobrirmos a maneira em que suas vidas estão relacionadas. E principalmente como a obsessão de uma delas se torna tão grande tão rápido, a ponto de se transformar em uma doença que a fará prejudicar não só a si mesma como também aos relacionados ao fruto da sua obsessão. Esse processo é muito rápido e muito evidente.

Amores incertos é um livro escrito por uma mulher, sobre outras mulheres, mas não é só feito para mulheres.
É um livro que aborda a natureza humana, seus amores, medos, rancores, incertezas e dilemas.
Uma ótima reflexão em forma de romance de ficção.
Com certeza, mais que indicado!
Parabéns a Roberta Polito por esse belo livro e muito obrigada pelo prazer de lê-lo!
=)

Por hoje é só, queridos.
Bjs

8 comentários:

  1. Olha...esse é o próximo da lista... e adorei a resenha...mto ansiosa para começar =)

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa! Adorei a resenha e fiquei feliz por ter gostado.
    Beijos!!
    Roberta

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da resenha,fiquei curiosa para ler.
    Tenha um ótimo FDS.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá. Vim convidá-la para participar do Sorteio do blog, Eternos Romances. :)

    http://eternosromances.blogspot.com/2010/06/sorteio-er_12.html

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha, Rafa! Já li e concordo, o livro é ótimo mesmo.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. A capa é linda *---*
    eu quero :D
    ótima resenha Rafa ^^
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Rafaela,

    Adorei sua resenha!

    Me despertou ainda mais a minha vontade de ler esse livro!

    Fico feliz em saber que nossos autores estão arrasando!!!

    Por isso, temos que prestigiá-los!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Rafael Gonçalves25 de julho de 2011 18:40

    Depois de ter lido o diviníssimo e indicado livro "Amores que Nos Fazem Mal" de Patrícia Delahaie, "Amores Incertos" da excelente Roberta Polito, veio a complementar o necessário. Repleto de exemplos verídicos, que comprovam que o amor tem suas complexas certezas e incertezas... florescem assim as minhas vastas memórias amorosas que anseiam ensinar e viver um verdadeiro amor novamente... É vivendo, errando, aprendendo e lendo preciosidades como essa que compreendo que O AMOR TEM RAZÕES QUE A PRÓPRIA RAZÃO DESCONHECE...
    Muiiiitooo Booom...

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela