Pobre não tem sorte - Leila Rego




Sinopse:

Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo?
E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido?
E se tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade?
Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele!
E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo.
E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe... Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc.

Mas isso só dura até um dia em que Mariana... Bom, leiam o livro e descubram!


Minha Opinião:


Livro hilário.
Recebi da fofa da Leila Rego e AMEI!
Xonei na estória! *-*
O livro é divertidíssimo e em alguns momentos agente sem querer acaba se identificando com umas situações em que a Mariana, a protagonista, acaba se metendo. rs
É uma leitura tão gostosa, que flui tão bem, que quando você vê já acabou e fica com aquele gostinho de quero mais.

Mariana ou Mari para os íntimos (como ela própria faz questão de ressaltar), a princípio tem tudo para nos fazer antipatizar um pouquinho com ela ou pelo menos torcer o nariz para suas atitudes e para a visão que ela tem da vida, é fútil, fresca, mimada e quer ser algo que ela não é. Mas apesar de todos esses defeitos (ou talvez por causa deles, pois vemos que a Mari é humana por possuí-los e por isso aceitamos ela melhor), ela é uma personagem en-can-ta-do-ra.
Mari mete os pés pelas mãos, faz besteira, quando tenta consertar acaba piorando tudo, mas mesmo assim não perde o fascínio que exerce sobre o leitor. Justamente por errar, é que ela conquista.
Acredito que no mundo em que vivemos, as pessoas não querem mais ler, ver ou ouvir histórias de mocinhas e mocinhos certinhos e perfeitos. Eu me incluo nisso.
A "perfeição" é muito chata! Até porque não existe e por isso não condiz com a realidade.
As pessoas nos dias de hoje cada vez mais querem se identificar com os personagens nesse sentido de imperfeição, de realidade, de naturalidade, querem que os personagens das obras sejam o reflexo (pelo menos em matéria de personalidade) dos dias atuais.
Que sejam fortes, independentes, íntegros e ao mesmo tempo que errem, cometam deslizes e tenham defeitos como todo mundo, e para isso não precisam perder a bondade e o bom caratismo no coração, nem nos atos.

Pois é isso o que esse livro representa para mim.
Que não é preciso ser exemplo de virtude para ser herói ou heroína e sim que você descobrindo que está errada, faça o possível para acertar novamente e entrar com sua vida nos eixos.
O livro nos passa essa mensagem, cercado por uma aura divertida e leve que a meu ver, passa o recado de uma forma muito mais ágil, alegre, bem-humorada, rápida e eficaz.
Isso sem falar na veia romântica, de desentendimentos e ilusões que está sempre presente na trama, através do relacionamento da Mari com o Edu (que é TdB, mas tbm não é perfeitinho rsrs).

Gostei muito mesmo!
Estou curiosíssima pela continuação que paira no ar e soube que a Leila já está escrevendo! \o/
Leila, "Pobre não tem sorte" nos conquistou. Queremos muito a continuação das aventuras da Mari e torcemos que seja logo! ^^

That's all friends. ;)
See you!
Bjs

Atualização: você pode ler a minha resenha sobre Pobre não tem sorte 2 clicando aqui.

8 comentários:

  1. Ótima resenha, Rafaela!
    Esse livro é muito engraçado, chorei de rir com a Mari.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha e nem preciso dizer que estou morrendo de vontade de ler este livro! Só pelo título já parece que a história deve ser engraçada mesmo!

    Bjinhos,

    Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Rafa;
    O livro é hilario e faz todo mundo xorar de tanto rir, Mariana é non sense msm... Amei =)

    ResponderExcluir
  4. Eu ameeei esse livro! Me diverti com ele ^^ Chick lit brasileiro que arrasou! \o/

    ResponderExcluir
  5. Não é muito a minha cara...mas deve ser mesmo mega divertido!


    Flooor, a promoção de 1 ano do meu blog ta acabandooooo...ai, to ansiosa....1 ano é um marco...os blogs duram pouco tempo, normalmente....quando passam do primeiro ano, é sinal que terão vida longa! :)

    Quem será que leva os dois livros, heiinnnnn?

    ResponderExcluir
  6. Adorei o livro da Leila.

    E to ansiosa pela continuação.

    Ótima resenha.

    Bjos,

    ResponderExcluir
  7. Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia!

    O Blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção!!!

    O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

    O Livro de Dinaer
    Para mais informações sobre o livro
    http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

    Você não pode perder essa super promoção!!!
    http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

    Bjs e boa sorte!

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela