Fascínio - J.R. Ward




Sinopse:

Nesse novo volume da série Fallen Angels, o anjo Jim Heron continua sua batalha contra a sensual Devina para salvar as almas cheias de pecado. Para sua sorte, Devina trapaceou na última disputa e ele terá mais uma chance de resgatar e redimir Matthias, um assassino treinado e agente de operações especiais.
Enquanto isso Mels Carmichael, jornalista do Caldwell Courier Journal, tem o maior choque da sua vida quando um homem atravessa à frente do seu carro ao lado do cemitério local. Depois do acidente, Mels tenta ajudar o homem a solucionar sua amnésia, mas em breve ela descobre que o passado dele é muito misterioso... e que uma paixão fascinante está surgindo.
Enquanto as sombras oscilam entre a realidade e o outro mundo, os dois aprendem que nada está realmente morto e enterrado. Especialmente quando se está no meio de uma guerra entre anjos e demônios. Com uma alma e uma paixão arrebatadoramente fascinante em jogo, o que será preciso para salvar os dois amantes?


Minha Opinião:

Fascínio é o quarto livro da série Fallen Angels criada pela espetacular escritora J.R. Ward e narra a luta entre o Céu e o Inferno pelo domínio sobre a Terra e suas almas, através do "jogo" que o anjo Jim Heron e seus amigos "jogam" com o demônio Devina em várias rodadas tentando salvar (ou condenar se a Devina ganhar determinada rodada) as almas em cheque, mas para isso Jim tem que ajudar ditas almas a tomarem a decisão certa na hora certa e a descobrirem que o amor pode ser a chave para isso, antes que seja tarde demais.

O Matthias, protagonista desse livro, já tinha aparecido na série no segundo livro, Desejo, e agora vai ter outra chance de se redimir de sua vida de crimes e pecados e mudar as coisas tanto na sua própria vida quanto na rodada em si e pode ser que se ele tomar as decisões certas, pode ajudar a alterar o placar e dar uma virada significativa no "jogo" e os dois lados vão fazer tudo o que for possível dentro das regras (ou não) para que a situação seja favorecida para o seu lado, tomar a dianteira ou a vantagem na disputa. Mas como Matthias vai poder saber tomar os caminhos certos ou errados se ele perdeu a memória do que aconteceu com ele na penúltima rodada e sem ter a mínima ideia de que todo esse lado sobrenatural existe e a importância dele em tudo isso? E a repórter Mels, o que tem a ver com esse esquema? Será que ela virá a ter uma participação mais significativa em toda a rodada do que apenas ajudar Matthias a tentar recuperar sua memória? E Jim, conseguirá salvar mais essa alma ou a perderá para as tramóias e trapaças da Devina? São muitas as perguntas que serão respondidas ao longo da leitura e chegar as todas essas respostas é uma jornada cheia de ação, paixão, enganos, armadilhas e luta do bem contra o mal.

Para mim, este é o livro da série mais fraco que li até agora, o que tem o enredo menos cativante, com menos reviravoltas e com os personagens principais menos interessantes (não tanto pelo Matthias, que melhorou 200% em comparação a sua outra participação na série quando ele foi um bastardo, mas mais pela Mels de quem eu não gostei nem um pouco, principalmente na reta final do livro com as conclusões precipitadas e as decisões estúpidas que ela tomou que me deram muita raiva) e todo esse conjunto fez a narrativa um tanto quanto arrastada e lenta, por isso e entre os outras razões, esse foi o volume que eu menos gostei, até o momento. Entretanto, o livro tem lá suas qualidades e não foi como se eu tivesse odiado ou coisa parecida, pelo contrário, diria que até que gostei de muitos trechos, mas não tanto quanto do livro anterior (o terceiro) ou do primeiro (o segundo também achei meio fraco mas não tanto quanto esse). E, no final das contas, o livro foi escrito pela J.R. e isso por si só já faz para mim com que seja muito difícil (quase impossível) odiar (pelo menos nunca odiei nenhum livro dela que li até hoje, uns gosto mais outros menos, mas odiar realmente, até agora, nunca). Vou esperar para ver se o próximo livro será melhor do que esse, tomara.
Mas de qualquer forma, eu recomendo a série, acho que deveria ser mais conhecida, mais lida do que é, realmente não é tão boa quanto a IAN mas eu gosto e acho que seus méritos, basta tentar dar uma chance. Espero que não demore muito para o quinto livro ser publicado aqui porque nos Estados Unidos a série já acabou - o final foi adiantando, já que a princípio eram para ser sete livros - no ano passado no sexto volume. *torcendo*

Você pode ler as minhas outras resenhas dos livros da J.R. Ward e da série FA clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela