Fênix: A Ilha - John Dixon




Sinopse:

Sem telefone. Sem sms. Sem e-mail. Sem TV. Sem internet. Sem saída. Bem-vindo a Fênix: A Ilha. Na teoria, ela é um campo de treinamento para adolescentes problemáticos. Porém, os segredos da ilha e sua floresta são tão vastos quanto mortais. Carl Freeman sempre defendeu os excluídos e sempre enfrentou, com boa vontade, os valentões. Mas o que acontece quando você é o excluído e o poder está com aqueles que são perversos?


Minha Opinião:

Fênix: A Ilha é o primeiro livro da série Fênix criada por John Dixon e também o primeiro livro escrito por ele. O livro também deu origem à série de TV Intelligence que foi ao ar esse ano nos EUA e só teve uma temporada e que depois foi cancelada pela emissora americana. *Spoiler* A série de TV não tem quase nada em comum com o livro só a questão do chip que dá super habilidades ao que o tem implantado no seu cérebro mas as habilidades são diferentes, pelo menos em comparação às desse primeiro livro. *Fim do Spoiler*

Esse livro conta como Carl Freeman, um jovem de 16 anos que tinha todo o potencial para ser um grande boxeador, depois de uma vida entrando e saindo de institutos correcionais e lares adotivos resultado de sempre se meter em brigas e confusões, é sentenciado a se submeter a uma espécie de treinamento militar na ilha Fênix e ficar lá até completar 18 anos obedecendo as ordens de todo o corpo militar da ilha. Uma ilha que fica no meio do nada, em que Carl e os outros órfãos não têm nenhum tipo de contato com a civilização fora de lá, de onde não tem como fugir e onde eles têm que se submeter a todos os mandos e desmandos dos soldados, convivência com outros órfãos agressivos e outros perigos naturais da ilha, mesmo para um cara durão e corajoso como Carl, sobreviver e sair de preferência com a sanidade intacta (ou quase) vai se provar um trabalho muito mais árduo do que ele e seus únicos dois amigos poderiam sequer imaginar. E o leitor muito menos.

Fênix: A Ilha é cheio de ação, suspense, ficção científica, aventura e adrenalina do começo ao fim. É impossível ler e não torcer pelo Carl, não se indignar com as atrocidades que ele e os outros jovens passam, não ficar furiosa com as arbitrariedades dos comandos dos responsáveis pela ilha e pelo programa de treinamento e não ter vontade de entrar na história e ajudar o Carl e os seus amigos a fugirem desse inferno. Sou uma pessoa totalmente pacífica mas a minha revolta foi tão grande, e este livro me convenceu e me afetou de tal maneira, que eu tive vontade de entrar lá no meio da trama e no mínimo dar uns socos na cara de determinados personagens, principalmente o desgraçado do Parker, só para vocês verem o nível da minha indignação rs. O livro tem uns vilões completamente detestáveis contrabalançando com a nobreza do Carl e ação, ação, ação do início ao fim e algumas reviravoltas. Tudo muito bem distribuído durante a narrativa, uma amostra do grande talento do autor. O final tem um cliffhanger muito bom para o próximo mesmo dando uma pequena sensação de desapontamento com o Carl mas depois de racionalizar você percebe que não poderia ser diferente. Agora vou ficar ansiosa pelo segundo volume da série. ;)

2 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar neste livro e na serie também, mas pela sua resenha foi que fiquei com vontade de lê-lo <3 Parece ser um livro cheio de ação e suspense <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  2. Vi essa capa ontem que me chamou a atenção e como qualquer leitor inteligente, fui procurar resenhas pra saber mais... e achei a sua! rsrs
    Amo livros assim com lutas pela sobrevivência, fazer o impossível pra não morrer... e Carl me parece ser desse tipo, durão e corajoso mas solidário com seus amigos ^^
    E quando você disse que tem ação do começo ao fim, me conquistou na hora! Tô até com medo do que acontece no final do filme que te deixou desapontada com Carl... agora é só esperar por uma promoçãozinha pra compra-lo n_n/
    Gostei da resenha, Rafa! <3

    @Drick_Ferreira

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela