Delírio - Maya Banks




Sinopse:

Jace, Ash e Gabe: três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conseguir tudo o que querem. Absolutamente tudo. O desejo de Jace é possuir uma mulher cujos encantos o pegaram completamente de surpresa. Jace Crestwell, Ash McIntyre e Gabe Hamilton são melhores amigos e bem-sucedidos sócios há anos. Eles são poderosos, são imponentes, são irresistivelmente sexy, e Jace e Ash dividem tudo – inclusive suas mulheres. Quando eles conhecem Bethany, Jace começa a experimentar sentimentos que nunca havia conhecido antes: ciúme e uma poderosa obsessão que o ameaça, o sufoca – e o excita além de seu controle. Jace não divide Bethany – com ninguém. Ele está determinado a ser o único homem em sua vida e esse sentimento está prejudicando sua longa amizade com Ash. Bethany deveria ser sua e somente sua. Mesmo que isso signifique virar as costas para seu melhor amigo.


Minha Opinião:

Delírio é o segundo livro da trilogia Breathless escrita pela autora Maya Banks, ela conta, em cada livro da série, a história de amor de um dos amigos Jace, Ash e Gabe quando cada um deles finalmente conhece a mulher da sua vida. Você pode ler a resenha de Obsessão, o primeiro volume da trilogia, aqui.

Esse segundo volume narra a história de como Jace conhece e se apaixona profundamente por Bethany, uma moça que tem uma vida sofrida e cheia de dificuldades e que já está completamente sem esperanças de uma vida melhor, só tentando sobreviver, até que Jace chega e muda sua vida de repente no que pode vir a ser para sempre.

Sem dúvida esse livro tem mais drama do que o Gabe; a história de vida da Bethany é muito triste e ela passou por muitas barras pesadas antes de se envolver com o Jace e por conta disso ela não tem autoestima nenhuma, é desconfiada e frágil. O Jace precisa ter uma paciência infinita para aguentar as inseguranças dela e muita compreensão para tentar entender todos os sentimentos e aflições que assolam seu amor, claro que ele não é perfeito e também tem horas que erra mas é realmente muito bonito ele tentando ajudá-la a acreditar mais em si mesma e tentar fazê-la ver que a vida pode ser boa apesar dos pesares principalmente se você tem amor e sonhos no coração.

Essa história pode ser mais profunda, dramática e abordar assuntos mais pesados que a do Gabe - e também ter Ménage que no primeiro não teve e uma mocinha um pouco mais sensível que a de Obsessão mas que acaba se fortalecendo um pouco com o decorrer do livro, diferentemente da Mia que já era forte - mas a Maya essencialmente continua seguindo a fórmula do primeiro; muito erotismo, um mocinho possessivo e dominador, BDSM e muitos problemas até que o casal se resolva num final feliz que se torna inesperadamente doce e romântico (e nesse caso até um pouco engraçadinho). Então, basicamente, eu tive a mesma impressão do primeiro livro a única diferença foi que tive que tirar paciência não sei de onde para atuar os melindres da Bethany - não que eu ache injustificados, pelo menos a maioria não, pelo contrário, mas mesmo assim -, coisa que não passei no outro, pelo menos não tanto, já que quem era relutante na relação era o Gabe. Novamente achei os capítulos finais o ponto alto do livro.
Agora só falta o último da série que é a história do Ash que promete, ele até agora tem se mostrado meu personagem preferido, então é esperar a leitura para saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela