Primeiro Amor - James Patterson e Emily Raymond




Sinopse:

Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.


Minha Opinião:

Primeiro Amor, escrito por James Patterson em parceria com Emily Raymond, é um daqueles livros sobre os quais as aparências enganam; você acha que a jornada de leitura será uma coisa e acaba sendo outra diferente e inesperada...

É uma gracinha de livro sobre o frescor e emoção do primeiro amor mas não apenas isso, muitos outros sentimentos e mensagens nos esperam ao passar de cada página. James e Emily foram muito felizes ao escrever esse livro, porque ele consegue mexer com as emoções do leitor de qualquer idade mesmo sendo mais voltado para o público adolescente/jovem adulto, mesmo que seja só para criticar algumas das decisões questionáveis que os protagonistas tomam durante a trama rs, para rir de algumas situações que eles passam durante sua aventura e/ou para se emocionar nos momentos finais da história.

Mas sem dúvida o mais legal deste romance é o fator surpresa. Sendo honesta, eu não esperava muita coisa dele mesmo um dos autores sendo o James Patterson, que é um autor de renome, a sinopse não me chamou muito atenção e mesmo quando comecei a lê-lo ainda não achava que teria uma grande história, claro que não esperava nada ruim (a gente ao iniciar uma leitura nunca espera que seja ruim) ainda mais sendo do Patterson, mas também não achava que seria uma leitura que se destacasse, tivesse grandes reviravoltas, que deixasse uma grande impressão ou algo assim. Então, fui lendo sem grandes expectativas, e não é que eu gostei?! rsrs

Axi e Robinson viajam pelo Estados Unidos e se metem em muitas aventuras, se divertem, cometem várias burradas e mesmo que a princípio o livro comece meio devagar, a partir do momento em que a viagem deles começa as coisas começam a se agitar e ficarem dinâmicas, além disso, como os capítulos são curtinhos essa sensação de "agilidade" se torna muito maior e faz com que a leitura seja bem rápida de se fazer.

Porém, o melhor ou pior, depende do ponto de vista, sem dúvida é o final; os acontecimentos vão ficando mais sérios e de repente revelações do passado dos dois personagens surgem e te pegam totalmente desprevenida, daí em diante o livro me cativou e eu tinha que saber como ia terminar, e ao fechar o livro depois de acabar a leitura fiquei com um sentimento agridoce no coração. Primeiro Amor, é uma narrativa muito sensível em seu apogeu e muito bonita. Quem ama histórias de amor e amizade, independente da idade, acho que no mínimo vai se surpreender com esse livro.

Um comentário:

  1. oi Rafa, tudo bem?
    Nossa, o James deve ser o autor mais eclético que eu já vi! Escreve vários gêneros diferentes. Eu nunca li nada dele, mas ele é super elogiado, então deve ser bom.
    Que bom que o livro te surpreendeu positivamente, adoro quando isso acontece.
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela