Lira dos vinte anos - Álvares de Azevedo



Sinopse:

*sinopse de outra edição da Lira, pois a minha não tem.

O livro é dividido em duas partes, onde na Primeira Parte de Lira dos Vinte Anos predomina a poesia mais sentimental, o devaneio do primeiro Byron e de Musset. Pontificam o medo de amar, o desejo vago por virgens inatingíveis, o sentimento de culpa frente aos desejos carnais e o fascínio com a morte. Trata-se de uma poesia de seres imaginários e idéias abstratas vagando na noite enevoada. Na Segunda Parte de Lira dos Vinte Anos, Álvares de Azevedo envereda por um romantismo irônico e sarcástico. Sem abandonar os temas do amor e da morte, representados sempre sob o manto da noite sombria, passa agora a “falar com coisas” (para usar o termo de João Cabral de Melo Neto) - a poetizar os objetos que o rodeiam. Vai agora, em processo claramente metalingüístico, dialogar ironicamente com os grandes autores do romantismo. Escreve sobre os charutos, sobre uma queda de cavalo (intuição?), sobre o dinheiro (ou a falta deste), em suma, sobre temas corriqueiros que não cabiam na poesia onírica e sentimental da Primeira Parte.


Minha Opinião:

A Lira dos vinte anos é a obra mais conhecida do escritor Álvares de Azevedo. Esse livro é considerado um dos clássicos da literatura brasileira. É um livro de sonetos e poemas que expressam as angústias, desejos, medos, anseios e pensamentos do jovem poeta.

Álvares de Azevedo, infelizmente, teve uma carreira e uma vida muito curtas, escreveu algumas crônicas, poemas, ensaios e cartas e alguns trabalhos em jornais, e viveu somente até os 21 anos quando faleceu vítima de tuberculose.
Viveu intensa e profundamente o movimento artístico/literário "Mal-do-século", e isso é que torna a Lira dos vinte anos tão tormentoso, complexo, melancólico e denso.

O livro é dividido em três partes e os versos em sua maioria são tristes e falam muito sobre a morte, mas ao mesmo tempo são bonitos em seu ultra-romantismo e sua tristeza.

Encerro deixando o link do poema Meu Desejo - o poema que eu acho mais bonito desse livro - para lê-lo clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela