Amante Desperto - J.R. Ward


Sinopse:

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra.
Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros.
A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...

Minha Opinião:

Esse é um dos livros mais sublimes que eu já li e também um dos mais lindos da Irmandade!

Amante Desperto é o terceiro livro da série Irmandade da Adaga Negra da escritora J.R. Ward. O livro conta a história de Zsadist, o guerreiro mais letal e feroz da Irmandade e Bella uma vampira aristocrata que se percebe completamente apaixonada por ele.

Acho que o que eu mais gosto nesse livro é o fato dos personagens crescerem juntos emocionalmente falando, do destino ter feito com que eles se unam não só pelo amor, mas também pela dor, que eles se entendam de forma completa, como talvez não fosse possível, se eles não compartilhassem fantasmas de sofrimentos do passado; pois difícilmente Bella conseguiria compreender Z e seu capricho viraria amor, se ela não tivesse passado por algo vagamente parecido, e Zsadist talvez não se permitisse confiar e amar Bella, se não a respeitasse tanto por ela ter sobrevivido e ser tão forte. Eles são duas almas que sofreram e passaram por horrores, e que provavelmente vão ficar marcados por isso pelo resto de suas vidas (principalmente o Z), pois algo assim não se esquece, nem supera, mas isso fez deles pessoas mais fortes, que entendem o sofrimento do seu par, por isso se apoiam, e cujo amor é mais forte que outros, ajudando a servir como bálsamo na cicatrização das feridas antigas de ambos.

Essa mensagem de esperança, amor, de que, afinal de contas, pode haver luz no fim do túnel, que existem coisas mais importantes do que a aparência, e que o amor pode ajudar a superar tudo, é o mais maravilhoso no livro.
Só a J.R. para passar essa mensagem de forma tão contundente e marcante dentro de uma história de amor cercada de violência, sangue, adrenalina, sexo, drama e emoção. Tudo isso num pacote perfeito unido pelo raciocínio rápido e sagaz da JR e pela sua escrita inteligente.

Em vários momentos me emocionei muito e cheguei a chorar, entendo perfeitamente porque esse livro é o preferido da maioria dos fãs da IAN, pois é realmente perfeito e mesmo não compartilhando da mesma opinião, ele com certeza está entre os meus cinco preferidos da série.
Livro perfeito!

Você pode ler as minhas outras resenhas dos livros da J.R. Ward, clicando aqui.

Um comentário:

  1. Estou terminando de ler Z e tbem amei, odiei e me conformei com tudo, mas a parete +++++++ linda e qdo os irmãos veem os olhos do Z....Que tudo...

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela