O Despertar do Príncipe - Colleen Houck




Sinopse:

Liliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade.

Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia — na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos.

A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, para salvar a humanidade do maligno deus Seth.


Minha Opinião:

O Despertar do Príncipe é o primeiro livro da nova série da autora Colleen Houck, Deuses do Egito, criadora da famosa saga A maldição do tigre. Segundo declarações feitas por ela para fãs, aparentemente, essa série nova se trata de uma trilogia (se ela não mudar de ideia daqui para os lançamentos dos próximos dois livros, com essas coisas nunca se sabe ao certo...).
Esse primeiro livro é cheio de aventura, ação, vários desdobramentos, romance e até uma pitadinha de humor que equilibra muito bem com os momentos um pouco mais dramáticos da história.

Lily é uma garota da classe alta superprotegida e reprimida pelos pais que um dia ao ir em uma de suas visitas ao museu se depara com um sarcófago aberto e um homem de cabeça raspada e usando um saiote egípcio que não fala sua língua e se comporta de uma maneira estranha, e apesar do cara ser bonito, depois que eles finalmente conseguem se comunicar, ele parece um bocado maluco mas, de alguma forma inexplicável, ela não consegue se livrar dele e acaba sendo arrastada por ele para uma realidade que ela nunca, nem em seus mais delirantes sonhos, pensou ser possível, em que deuses egípcios, múmias, faraós, seitas e guardiões com superpoderes existem e travam uma batalha milenar para salvar o mundo da destruição. E Lily se verá envolvida nessa batalha ajudando a combater o mal enquanto ao mesmo tempo, a cada desafio e obstáculo, aprende sobre si mesma, sua verdadeira força, seu potencial e a conhecer as verdades da vida e tenta descobrir quem verdadeiramente ela é, além de passar por muitos perigos e encontrar um amor mais forte do que a morte.

Gostei do livro, é bem agitado, principalmente quando a história pega o ritmo e daí em diante são acontecimentos atrás de acontecimentos sem parar até o final, além de várias revelações, cenas de aventura com um grande visual imaginativo que dariam um excelente filme se fossem passadas para a telona. Os personagens são bem interessantes, principalmente os três príncipes, só não gostei tanto da Lily porque ela tem algumas características que me irritaram durante a leitura, como em vez de ajudar só atrapalhar em várias situações e basicamente erros de julgamento, além de ser um tantinho egoísta, principalmente numa situação no final do livro. Mas ela não é completamente irritante tem suas qualidades, diferente de algumas (várias) mocinhas que a gente lê por aí, então não foi algo que para mim chegou a prejudicar o livro completamente (só um pouquinho). rs
História muito legal, nunca tinha lido nada da Colleen Houck até agora (tenho os dois primeiros dos tigres mas ainda não li) e me agradou bastante, espero poder acompanhar a série porque confesso que fui picada pelo bichinho da curiosidade para saber o que vem por aí nos próximos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela