A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern




Sinopse:

Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.


Minha Opinião:

Sabe aqueles livros que você lê sem ter a mínima ideia do que esperar? Pois é, foi isso o que aconteceu comigo ao ler A vez da minha Vida, mais um livro da fabulosa escritora Cecelia Ahern.

Lucy Silchester vive uma vida tediosa e rotineira - rotina está que ela própria criou como uma forma de se sentir segura - desde que o seu relacionamento de anos acabou, até que um dia ela começa a receber cartas solicitando um encontro (não encontro amoroso, no sentido de reunião mesmo) só que o remetente é a sua própria vida (!!!) e ela por mais que queira não vai poder fugir dessa "prestação de contas" que vai acabar por se revelar o acontecimento que vai marcar sua vida para sempre.

O grande problema da Lucy e o que me fez em alguns momentos ter que respirar fundo para me controlar e não ficar irritada com ela é um hábito dela chatíssimo: mentir para todos. Ela mente para a família, os amigos, os colegas de trabalho, estranhos e qualquer um, inclusive para nós leitores do livro, já que é ela quem narra a história ou seja, além dela ser muito teimosa ela se fechou "numa concha", escondendo seus verdadeiros sentimentos e não se confidencia com ninguém. Algo que além de tornar irritante e frustrante quando ela parece que vai se abrir e conta alguma história e depois ela confessa que mentiu é algo também muito triste o fato dela achar (sem motivos) que não deve "baixar a guarda" e que não pode se abrir com ninguém sobre nada, vivendo assim de criar mentiras para sustentar outras mentiras, numa verdadeira "bola de neve".
Mas apesar dessas características a personagem tem um grande carisma, não tem como se não gostar da Lucy, ela tem os defeitos dela (normal) mas é tão engraçada, divertida e "do bem" que você acaba rindo e simpatizando com ela, não tem jeito rs. E é muito legal acompanhar a jornada dela junto com sua Vida - que é o melhor personagem de todos do livro, ele e a Lucy fazem uma dupla adorável ♥ - pela busca do sentido de sua vida, do autoconhecimento e auto aceitação e da verdade daquilo que realmente importa na vida.

Eu confesso que ao ler a sinopse desse livro com uma trama tão incomum fiquei meio assim: "Ahn? Como assim encontro com sua própria vida? A vida é uma pessoa?! WTF?! O.o" kkkkk, foi bem assim, mas depois que você começa a ler o livro e se deixa levar a acreditar na trama encarando-a como uma espécie de conto-de-fadas e deixa seu lado cético de lado, a leitura se torna uma delícia e você se percebe conquistado pela Lucy, a(o) Vida e por esse universo fascinante com todos esses personagens cativantes e rindo e até se emocionando com todos eles. Esse é um daqueles livros que dá até pena de acabar de ler, você já começa a sentir saudades da história e dos personagens ao acabar de terminar a última página e fica com um sentimento bom no peito por vários dias após o final. Cecelia Ahern mais uma vez está de parabéns, eu acho incrível a sensibilidade que ela tem; as lindas emoções profundas e as mensagens positivas que ela consegue passar com seus livros.
Definitivamente já virei fã da autora, desejo muito ter, futuramente, a oportunidade de ler muitos outros livros dela (de preferência, tipo todos rsrs ^^).

Um comentário:

  1. Da autora só li PS Eu te Amo e gostei bastante. E olha que nem curto tanto chick-lit. Estou para ler A Vez da Minha Vida há um tempão e é bem aquela coisa, não sei direito o que esperar do livro. Li resenhas bem positivas. De todas as formas, gostei da leveza da narrativa da Cecelia, principalmente quando a história de PS Eu te Amo poderia muito bem ter virado um dramalhão apelativo e irritante. Ela soube conduzir a trama muito bem e isso me encantou nela.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela