Senhora - José de Alencar (Trechão Parte I)




(...) Seixas ajoelhou aos pés da noiva; tomou-lhe as mãos que ela não retirava; e modulou o seu canto de amor, essa ode sublime do coração que só as mulheres entendem, como somente as mães percebem o balbuciar do filho.
A moça, com o talhe languidamente recostado no espaldar da cadeira, a fronte reclinada, os olhos coalhados em uma ternura maviosa, escutava as falas de seu marido; toda ela se embebia dos eflúvios de amor, de que ele a repassava com a palavra ardente, o olhar rendido e o gesto apaixonado.

- É então verdade que me ama?

- Pois duvida, Aurélia?

- E amou-me sempre, desde o primeiro dia que nos vimos?

- Não lho disse já?
- Então nunca amou a outra?

- Eu lhe juro, Aurélia. Estes lábios nunca tocaram a face de outra mulher, que não fosse minha mãe. O meu primeiro beijo de amor, guardei-o para minha esposa, para ti...

Soerguendo-se para alcançar-lhe a face, não viu Seixas a súbita mutação que se havia operado na fisionomia de sua noiva.

Aurélia estava lívida e a sua beleza, radiante há pouco, se marmorizara.

- Ou para outra mais rica!... disse ela, retraindo-se para fugir ao beijo do marido e afastando-o com a ponta dos dedos.
A voz da moça tomara o timbre cristalino, eco da rispidez e aspereza do sentimento que lhe sublevava o seio e que parecia ringir-lhe nos lábios como aço.

- Aurélia! Que significa isto?

- Representamos uma comédia, na qual ambos desempenhamos o nosso papel com perícia consumada. Podemos ter este orgulho, que os melhores atores não nos excederiam. Mas é tempo de pôr termo a esta cruel mistificação, com que nos estamos escarnecendo mutuamente, senhor. Entremos na realidade por mais triste que ela seja; e resigne-se cada um ao que é: eu, uma mulher traída; o senhor, um homem vendido. (...)

6 comentários:

  1. Esse livro é um show de romance. Levo-o comigo desde a infância. Inesquecível. Òtimo post, Rafa!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esse livro... já reli um monte de vezes...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  3. Deixei um selinho para você no Leitura de Banca...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  4. TEm 3 selinhos proce no meu brógui... Ki mudou de endereço: doidayromantica.blogspot.com. Bjim!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Rafa!!!

    Eu adoro esse livro. Li na adolescência e guardo com muito carinho. Já reli algumas vezes e não me canso.
    Boa lembrança!!!

    Ah... Para aumentar (novamente) sua epopéia, deixei um selinho para vc no meu blog! Espero que goste...

    Bjo!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é ótimo!!! Recomendei ele no meu blog para a leitura no dia dos namorados!!! Aurélia se vinga do marido de um jeito genial!!! (e super sofrido e triste!)
    Seu blog é jóia!
    Parabéns!
    Bj

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela