O Último dos Canalhas - Loretta Chase




Sinopse:

O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.

Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.

Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.

Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


Minha Opinião:

O Último dos Canalhas de Loretta Chase é o como o nome dá a entender último livro da série Scoundrels (ou também conhecida como Canalhas aqui no Brasil), e narra a história do casal bola da vez que é composto pelo degenerado duque de Ainswood e a intrépida jornalista Lydia Grenville.
Ainswood é o melhor amigo do lorde Belzebu do livro anterior, O Príncipe dos Canalhas. Inclusive Dain e Jessica e alguns dos personagens do outro livro fazem, como o irmão trapalhão da Jessica, fazem várias participações durante a trama nesse último.

Vere é o último Mallory canalha e depois de perder tantos membros da família e sofrer tanto por isso não quer mais se aproximar e se importar com ninguém, até que um dia, numa situação bem inusitada, ele conhece Grenville, que causa nele uma impressão tão poderosa que ele não consegue mais tirá-la da cabeça e vai fazer de tudo para conseguir seduzí-la, mesmo se Lydia inicialmente o despreze e queira distância dele. É divertidíssimo acompanhar esse jogo de gato e rato e muitas vezes se perguntar quem está caçando quem.

Este é um livro muito engraçado e com viradas na narrativa engenhosas onde os personagens, todos eles, tem seu próprio brilho com diálogos excelentes. O Bertie, irmão da Jessica, por exemplo, tem um grande destaque na trama como coadjuvante e para quem não gostava muito dele no outro volume e achava ele um personagem boboca e sem conteúdo, pode perceber que ele, mesmo ainda sendo meio boboca rs, tem mais inteligência, sensibilidade e muito mais camadas profundas do que inicialmente se pensou que ele tinha. Outros personagens coadjuvantes também tiveram papéis interessantes como as primas do Vere, Elizabeth e Emily, que ajudaram a dar uma agitada na história.

Eu gostei um bocado do livro, só não tanto quanto gostei d'O Príncipe dos Canalhas, que achei perfeito, mas esse também é muito bom; também tem ritmo rápido "sem deixar a peteca cair", romance com cenas hots sem explorar demais e sem muita frequência e a autora continua sabendo usar o drama e a comédia nas doses certas. Enfim, tudo ótimo como no anterior, meus únicos poréns são que eu gostei do Vere mas ainda prefiro o Sebastian e que eu achei que o final poderia ter sido encerrado antes, a meu ver ela deu uma espichadinha no livro um tanto desnecessária, mas creio que se deva a ela querer terminar a série sem deixar nenhuma ponta solta sequer e dar um final feliz bem redondinho para todos. Mas fora esses pequenos detalhes, O Último dos Canalhas é uma leitura muito bacana e sinônimo de enredo bem escrito e diversão garantida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela