Boneca de Ossos - Holly Black




Sinopse:

POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam.

Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...

Mas, de repente, Poppy conta para os amigos que começou a ter sonhos com a Rainha – e também com o fantasma de uma menininha que não conseguirá descansar enquanto a boneca de ossos não for enterrada no seu túmulo vazio.

Então, Poppy, Zach e Alice partem para uma última aventura a fim de ajudar o fantasma da Rainha a encontrar seu descanso eterno. Mas nada acontece do jeito que eles planejaram... A missão se transforma em uma jornada de arrepiar.

Será que a boneca é apenas uma boneca ou existe algo mais sinistro por trás desses fatos? Poppy está mesmo dizendo a verdade ou tudo isso não passa de um truque para que voltem a brincar juntos?

Se existe mesmo um fantasma, o que vai ser das crianças agora que elas estão nas suas mãos?


Minha Opinião:

Um livro infantojuvenil que é uma graça! ^^

Boneca de ossos, escrito por Holly Black, uma autora muito conceituada em livros juvenis e infantojuvenis, conta a história dos três amigos Zach, Poppy e Alice que estão naquela fase da vida em que as brincadeiras estão quase acabando, quando não se sabe ao certo se se ainda é criança ou já é adolescente e que se sabe que está crescendo mas não se quer abrir mão da infância, pelo menos não ainda.

Por isso, quando o pai de Zach toma uma atitude extrema para forçar o filho a parar de brincar, e por causa disso todo o mundo de Zach fica abalado e a amizade dele com as meninas também corre risco de acabar, e Poppy vem com a história de que o fantasma da menina de quem os ossos foram usados para fazer a boneca de porcelana assustadora que ficava dentro da cristaleira da mãe dela aparece em seus sonhos e conta a história da sua morte e pede para eles a ajudarem finalmente a descansar em paz enterrando a boneca, os amigos embarcam em uma última aventura que pode ser a mais emocionante de todas mas também pode ser muito perigosa e arriscada.

Como eu disse lá em cima; o livro é uma gracinha e também muito bem escrito. Eu nunca tinha lido nada da Holly Black antes mas ela sabe como desenvolver uma trama excelentemente, além da narrativa cativar e segurar a atenção até o fim mesmo que você não seja mais da idade e do tipo de público ao que originalmente o livro foi direcionado, ele também é muito bem formulado: os acontecimentos seguem uma linha bem encaixada e que chega ao seu ápice de maneira empolgante, com uma conclusão bem amarradinha e redonda, sanando todas as dúvidas. E ainda tem ilustrações muito bonitas feitas exclusivamente para a obra e que ilustra algumas cenas da história.

Um livro ótimo para o público alvo e que pode ser um incrível jeito de apresentar as crianças ou pré-adolescentes ao mundo da leitura e ajudar a estimular o interesse deles, principalmente aqueles que gostam de histórias de aventuras e mistério misturado com sobrenatural, numa história em que aqueles que estão passando por essa fase de mudança entre infância e começo da adolescência podem se identificar, e mesmo que você já seja adulto, como eu, o livro pode te trazer de volta ótimas lembranças e sentimentos dessa época. Muito bonitinho! Com certeza pretendo ler mais livros da Holly no futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela