Só tenho olhos para você - Bella Andre




Sinopse:

Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é.

No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado.


Minha Opinião:

Só tenho olhos para você é o quarto livro da série Os Sullivans escrita por Bella Andre e conta a história dessa vez de Sophie Sullivan, uma das duas gêmeas que são as únicas filhas mulheres desse ramo da família, com Jake McCann, o amigo mais íntimo dos irmãos Sullivans que cresceu junto com eles e é como se fosse um membro da família.

Sophie desde que se entende por gente conhece, admira e ama o Jake e seu sonho sempre foi que ele reparasse nela e que eles um dia fossem um casal, até que um dia ela cansa de ser tratada simplesmente como uma garotinha, como se ela não tivesse crescido nunca, e vai atrás do que quer; na festa de casamento de seu irmão Chase, ela se arruma com a intenção de fazer Jake finalmente perceber o que ele está perdendo e a partir daí as vidas de Sophie e Jake nunca mais serão as mesmas...
Jake fica atordoado quando vê Sophie toda produzida e tenta a todo custo ignorar a atração e as tentativas de sedução dela, afinal, ele a viu crescer!, e não pode nem imaginar o que os irmãos dela fariam com ele se ele ousasse tocar em um fio de cabelo da cabeça de Sophie! Além disso, ela é boa e pura demais para um mulherengo como ele... não, nem pensar! Mas com o que Jake não contava é que Sophie, a Boazinha, fosse se revelar mais determinada, corajosa e muito mais fascinante do que ele poderia imaginar e quando os sentimentos há muito enterrados forem à flor da pele e o desejo sobrepujar a razão, os dois irão percorrer um caminho sem volta...

Os livros dessa série até agora têm sido um tipo de leitura que me agrada ler às vezes: são romances sensuais - porque para mim não chegam a serem eróticos - que refletem as emoções dos personagens, e ditos personagens são sempre muito cativantes, e além do amor convincente que os protagonistas mostram, as histórias ainda ilustram os laços profundos e fortes de família que eles têm. Então, é uma leitura que pode não ser perfeita mas que sempre é certeza de horas agradáveis e em que você se diverte com os pequenos toques de humor por parte de alguns personagens. E o livro da Sophie segue a regra até agora. Torcendo para que os próximos livros continuem na mesma vibe. O próximo é o do Zach, o Sullivan mecânico. Então veremos o que lhe aguarda, Zach rs.

Você pode ler minhas resenhas sobre os outros livros da série clicando, aqui.

2 comentários:

  1. Rafa você descreveu certinho a linha da serie romance sensuais, por que para o hot eles estão bem fraquinho, eu abandonei essa serio no terceiro e estou tentando criar coragem para ler os outros, mas parece ser bem interessante essa da Sophia.

    Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  2. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
    Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Minhas saudações.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela