Tempo de recomeçar - Jennie Lucas




Sinopse:

Nove meses para salvá-lo.

Ao ser abandonada pelo namorado, Diana Maywood sabe que precisa de um recomeço. Após mudar-se para a Inglaterra, é contratada como fisioterapeuta do perigosamente lindo Edward St. Cyr. Diana logo percebe que não conseguirá fugir da atração que sente pelo chefe. Então, entrega a ele seu corpo e coração. Mas tudo muda quando ela descobre que está grávida. Edward a avisara que tudo o que poderia oferecer era prazer… Para alcançar o seu final feliz, Diana precisa curar as feridas de Edward… e ele as suas.


Minha Opinião:

Tempo de recomeçar da autora Jennie Lucas é a primeira história de duas lançadas no livro Paixão e Destino (edição 264 da coleção Jessica) publicado aqui no Brasil, a outra é Reino de Sedução da escritora Victoria Parker para a qual a resenha eu já postei aqui.

Em Tempo de recomeçar, Diana, a nossa protagonista, vai trabalhar como fisioterapeuta na Inglaterra para ajudar o magnata Edward, nosso outro protagonista, a se recuperar depois de um acidente de carro que ele sofreu meses antes. Só que Diana não contava com se apaixonar por Edward e ao ceder à paixão, acabar engravidando de um homem que deixou claro desde o início que não queria nenhum tipo de compromisso como casamento ou filhos com mulher nenhuma depois de ter seu coração partido por outra.
Então, haja sofrimento por parte da mocinha, principalmente por causa das ações e conclusões precipitadas dela, sua insegurança e ingenuidade que chegaram a me irritar profundamente porque, principalmente no começo da história; ela tinha alguns momentos em que pensava e se portava de maneira até que sensata mas aí quando começou a fazer besteira e agir feito uma tonta não parou mais... pelo menos até o final, que eu confesso que foi fofinho. O outro ponto que eu achei fraco - que foi o que mais me irritou de todos - foi a narrativa ser em primeira pessoa, narrada pela mocinha, é diferente dentro do gênero de banca e tudo que geralmente é composto por livros em terceira pessoa, mas isso só fez a história perder pontos comigo porque ficar dentro da cabeça da Diana o tempo todo não foi uma experiência... err... das mais agradáveis.

Maaaaaas, por outro lado, o Edward é um personagem muito interessante e a trama é romântica e fala sobre enfrentar e superar seus problemas e ir atrás dos seus senhos sejam eles quais forem, então tem seu lado bom e como um passatempo foi até legalzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário que irei adorar ler!

Não são permitidos spams ou comentários ofensivos de qualquer tipo, os últimos serão excluídos sem hesitação. Respeito todo mundo gosta, né? :)

No mais ficarei feliz em (assim que possível) responder qualquer dúvida aqui nos comentários.

Bjs,
Rafaela