Mude - Edson Marques - FELIZ ANO NOVO!!!!


Mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.

Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor.
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.
Só o que está morto não muda !

Repito por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco,
sem o qual a vida não vale a pena
(Clarice Lispector)


Esta foi a minha maneira de encerrar os posts do ano aqui no "Canto", desejo a vocês muita saúde, muitos anos de vida e tudo de bom em 2009!

Que o ano que se inicia traga com ele muitas coisas boas para todos!

São os meus sinceros votos para vocês!

Bjs!

FELIZ ANO NOVO!!!!!!

Continue lendo...

Songs About Jane - Maroon 5


Olá! post sobre um CD que eu adoro, o: Songs About Jane (da capa acima), do grupo Californiano Maroon 5.
Atualmente estou devorando ele, ouvindo até furar buraco! Rsrsrs
Apesar de ser uma banda de rock e as músicas serem bem agitadinhas, o Maroon 5 tem a característica de falar de amor com letras muito boas, cheias de conteúdo, falando sobre os conflitos sentimentais, com muita propriedade e do ponto de vista masculino.


A Estória do CD:

Segundo Adam Levine, vocalista da banda, esse disco foi totalmente inspirado no fim de seu relacionamento com sua ex-namorada Jane, daí o nome do CD ( em Português: Canções sobre Jane).
Com letras compostas por Adam em parceria com os outros integrantes, mas autobiográfico que isso impossível!
Para os românticos de plantão como eu, acho que é uma ótima indicação, pq retrata a realidade de algumas fases das vidas das pessoas, afinal de contas quem nunca sofreu por amor, não é verdade? Em algum ponto da vida e não falo só de amor romântico, mas do amor em geral, como o amor por pais, irmãos, amigos etc.

Abaixo vai um trecho da letra de uma das músicas do CD, Harder to Breathe (Difícil de Respirar), Composição: Adam Levine e Jesse Carmichael:


Em Inglês:

(...)
You drain me dry and make me wonder why I'm even here
This Double Vision I was seeing is finally clear
You want to stay but you know very well I want you gone
Not fit to funkin' tread the ground I'm walking on

(Chorus)
When it gets cold outside and you got nobody to love
You'll understand what I mean when I say
There's no way we're gonna give up
And like a little girl cries in the face
Of a monster that lives in her dreams
Is there anyone out there?
Cause it's getting harder and harder to breathe
Is there anyone out there?
Cause it's getting harder and harder to breathe
(...)

Tradução:

(...)
Você me enlouquece e me faz perguntar porque ainda estou aqui
A visão dupla que eu estava vendo esta finalmente clara
Você quer ficar mas sabe muito bem que eu quero que vá
Você não merece nem andar pelo chão em que pisei

(Refrão)
Quando ficar frio lá fora e você não tiver ninguém para amar
Vai entender o porque de eu ter dito para não desistirmos
E como uma garotinha chora em frente ao monstro que vive em seus sonhos
Tem alguém lá fora porque está difícil e difícil respirar
Tem alguém lá fora porque está difícil e difícil respirar
(...)


Essa foi minha dica de hoje!
Songs About Jane = Classe A!!!!!!!!!
Recomendadíssimo!
Bjs!
Continue lendo...

Mensagem de Natal




Quisera
Senhor, neste Natal,
armar uma árvore e nela
pendurar, em vez de bolas,
os nomes de todos os meus amigos.
Os amigos de longe, de perto. Os antigos
e os mais recentes. Os que vejo a cada dia e os
que raramente encontro. Os sempre lembrados e
os que, sem querer, eu magoei, ou sem querer me magoaram.
Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles de quem conheço
apenas a aparência. Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo.
Meus amigos humildes e meus amigos importantes. Os nomes de todos os que
passaram pela minha vida. Uma árvore de raízes muito profundas para que seus nomes
nunca sejam arrancados do meu coração. De ramos muito extensos para que novos nomes
vindos
de todas as partes venham juntar-se aos existentes. Uma árvore de sombras muito
agradáveis para
que nossa amizade
seja um momento de
repouso nas lutas da vida.
Que o Natal esteja vivo em cada dia do Ano que
se inicia, para que possamos, abençoados por
Nosso Senhor Jesus Cristo, viver a paz e a esperança de um Ano de glória e bênçãos.

(Autor Desconhecido)


FELIZ NATAL!!!

Continue lendo...

Arquivo Morto - Cold Case


Oi! Adoro uma boa série e essa é atualmente uma das minhas preferidas, não perco um episódio quando vai ao ar!
Desde menina assisto séries e tenho predileção por uns gêneros em especial, como as de médicos e policiais, como também NÃO são todas desses dois gêneros que gosto, o mesmo acontece com outros tipos.
É só uma questão de gosto, acho. Mas essa é do time das que me conquistam de cara!

Minha Opinião:
Conheci Arquivo Morto, por puro acaso, andei ficando desgostosa com algumas emissoras de televisão, que não apresentavam novidade alguma pra mim, em matéria de séries e também pelas mudanças bruscas de dias e horários, então fiquei sem vontade de acompanhar as que passavam.
Até que um dia sem ter nada para fazer e assistir fiquei zapeando a tv em busca de algo interessante e não é que achei!
Quando à conheci, achei demais a temática que ela aborda, de tentar solucionar casos policiais antigos que não tiveram um desfecho, sendo encerrados por falta de provas conclusivas e/ou de culpados, independente de quantos anos tenha o caso.
Totalmente D++++!!!!!!

A Estória:
Uma equipe de detetives do FBI, investiga homicídios que não foram resolvidos, há alguns ou muitos anos atrás e que acabaram sendo arquivados. Um grupo de policiais que se empenha ao máximo em descobrir os responsáveis pelos crimes em questão, principalmente a detetive Lily Rush (Kathryn Morris), que foi uma das primeiras detetives a ser chamada para trabalhar naquela parte da divisão de homicídios, que acaba se envolvendo demais nos casos, em busca da verdade, doa a quem doer.

Dados técnicos:
Título em Inglês: Cold Case
Título no Brasil: Arquivo Morto
Título em Portugal: Casos Arquivados
Data de estréia nos EUA: Setembro de 2003
Gênero: Policial, Drama
Criação: Meredith Stiehm
Elenco: Kathryn Morris
Danny Pino
John Finn
Jeremy Ratchford
Thom Barry
Tracie Thoms
Slogan: Time never runs out for justice. (Tempo nunca acaba para a justiça.)
Número de temporadas: 6
Número de episódios: 117

Muito show!
Para que gosta do gênero policial, acho que é uma super pedida!
Até pouco tempo estava passando no SBT, mas não sei pq "cargas d'água", tiraram do ar no horário que passava mais ou menos à 00:30 ou 01:15 da madrugada do domingo pra segunda-feira, deixo aqui meu protesto inconformado!!! :(
Mas ainda está passando na madrugada da quarta pra quinta- feira mais ou menos depois do Jornal do SBT.
Só me resta ficar na torcida para que volte logo ao ar, em um horário melhor e/ou até no horário do domingo.

Mesmo assim está mais do que recomendada!!!!
Nota 10!
Torço para que tenha a oportunidade de assistir!
Bjs!
Continue lendo...

Meninas Maldosas




Olá! Acho que quem freqüenta meu blog, já notou que sou uma pessoa bem-humorada, então nada mais justo do que recomendar um blog, que eu morro de rir quando visito ( digasse de passagem, todos os dias ou quase. :) ), O Meninas Maldosas.

Além de me divertir muuuitooo, com os posts, ainda têm os "colírios" que as meninas colocam lá para a apreciação (rsrsrs), várias curiosidades e dicas para ajudar a melhorar seu relacionamento.
Sempre falando sobre o universo feminino, masculino, a relação entre eles, enfim, sobre as relações humanas que são tão complexas, de uma forma bem descontraída e leve, por essas 10 meninas super espirituosas.
Tudo tratado com muita inteligência, humor, perspicácia e uma "pequena" dose de veneno, que como elas mesmas dizem, não faz mal a ninguém!

Uma fórmula super criativa e engenhosa que faz com que esse blog venha se tornando cada dia mais conhecido e visitado, o que é super merecido e me deixa muito feliz por elas!
Bateu a curiosidade? Não conhecia?
Então por favor visite!
Acho que você não vai se arrepender!
Para acessar o blog, você têm várias opções, pode clicar na foto lá em cima, clicar no nome do blog que está em vermelho neste post mais acima ou ir na minha lista de blogs ao lado.
Blog recomendado!
Faço votos que aprecie!
Bjs!
Continue lendo...

Cinco Minutos - José de Alencar


Olá! Sumi de novo, não foi?
Aff! As provas finais me consumiram o tempo e a criatividade, mas prometo que irei me redimir postando!
Andei pensando sobre o que este post iria falar e finalmente decidi que seria sobre um livro que AMO, o: Cinco Minutos, da obra de José de Alencar.
Sei que posso estar soando repetitiva, pois já coloquei um trecho desse livro lá no "CDG" , mas aqui falarei sobre o livro em si.
Já havia lido ele há uns anos atrás, mas como quem me conhece sabe, sou apaixonada por tudo que já li deste autor, simplesmente não consigo resistir, quando tenho dinheiro e vejo um livro dele pra vender "dando sopa" por aí, então comprei-o!
Êeeeeeeee!
Adoorooo!
Como o exemplar que tenho (que tem a capa igual a esta de cima), não possue resumo na contra-capa e sim um trecho do livro, abaixo falarei um pouco sobre a estória, com minhas palavras.

A Estória:

Num dia como outro qualquer, um jovem rapaz de posses, sai de casa para pegar o ônibus (bonde, no livro chamam de ônibus) das seis horas, coisa que faz sempre, só que neste dia em especial, ele se atrasa, perdendo o horário da condução, isso faz com que espere o próximo transporte, que será o das sete. Quando entra no ônibus, se senta ao lado de uma moça, coberta por um chapéu com um véu, que com o decorrer da viagem, desperta seu interesse, se tornando o objeto de um amor, que é alimentado pelo mistério. Um amor que cresce e se fortalece, apesar da distância e dos obstáculos encontrados pelo caminho. Um amor que é capaz de enfrentar as maiores adversidades para ser concretizado.

Este livro é todo escrito em primeira pessoa, como se fosse o moçinho contando a estória em uma carta para sua prima.
Claro que não entrarei em maiores detalhes do desenrolar da estória, para alimentar sua vontade de ler. Provavelmente deve estar pensando que esse resuminho foi muito pequeno e não deu pra ter uma idéia, mas foi de propósito!

A grande questão do livro é: Como vidas podem ser modificadas por causa de cinco minutos!
Como pequenos atos, gestos e escolhas podem ter uma grande repercussão em várias vidas e/ou modificá-las para sempre!

Trecho que está na contra-capa:

"(...) Chegando ao Rocio, não vi mais ônibus algum; o empregado a quem me dirigi respondeu:
-Partiu há cinco minutos.
Resignei-me e esperei pelo ônibus de sete horas. Anoiteceu.
Fazia uma noite de inverno fresca e úmida; o céu estava calmo, mas sem estrelas.
À hora marcada chegou o ônibus e apressei-me a ir tomar o meu lugar. (...) Senti no meu braço o contato suave de outro braço, que me parecia macio e aveludado como uma folha de rosa. (...) Pouco a pouco fui cedendo àquela atração irresistível e reclinando-me insensivelmente; a pressão tornou-se mais forte, senti o seu ombro tocar de leve o meu peito; e a minha mão impaciente encontrou uma mãozinha delicada e mimosa, que se deixou apertar a medo.
Assim, fascinado ao mesmo tempo pela minha ilusão e por este contato voluptuoso, esqueci-me, a ponto que, sem saber o que fazia, inclinei a cabeça e colei os meus lábios ardentes nesse ombro, que estremecia de emoção. (...)"

Tomara que meu comentário e este trecho do livro tenham lhe ajudado conhecer, entender e a despertar sua curiosidade para a leitura deste clássico maravilhoso, da literatura nacional!
Para ler outro trecho do livro, clique aqui!
Bjs!
E até a próxima!

Atualização: Você pode ler outras resenhas minhas sobre outros livros de José de Alencar, clicando aqui.
Continue lendo...